<
>

Dívida do Atlético-MG bateu R$ 1,3 bilhão, mais do que o triplo das de Flamengo e Palmeiras

Galo divulgou o seu balanço financeiro referente ao ano de 2021 nesta quinta-feira (5)


Nesta quinta-feira (5) o Atlético-MG divulgou o seu balanço financeiro referente ao ano de 2021 e foi possível notar um aumento da dívida líquida do clube mineiro. O valor é mais do que o triplo da dívida dos seus rivais Flamengo e Palmeiras, por exemplo.

O balanço financeiro foi divulgado durante a segunda edição do evento "Galo Business Day", que tem como intenção destrinchar as finanças do Atlético afim de encontrar soluções para a dívida bilionária do clube.

E no balanço de 2021, a dívida do Galo teve um aumento de 6% em relação a 2020, quando o valor estava na casa do R$ 1,2 bilhão, e subiu para um pouco mais de R$ 1,3 bilhão.

Cruzando os dados com os números fornecidos pela consultoria Sports Value, que na última terça-feira (3) divulgou estudo detalhado sobre as finanças dos clubes brasileiros, baseados nos balanços da temporada 2021, é possível notar que o valor da dívida atleticana é bem superior, se comparada às de Flamengo e Palmeiras, rivais diretos da equipe mineira na elite do futebol nacional.

Enquanto o Alviverde possui uma dívida de R$ 434,1 milhões e ocupa o 10° lugar no ranking entre os 20 clubes da Série A, o Rubro-Negro vem logo atrás, em 11°, com R$ 428,2 milhões em dívidas.

No balanço divulgado pelo Galo, o clube terminou o ano de 2021 com um superávit de R$ 101 milhões. O clube ainda teve uma receita líquida total de R$ 473.827 milhões.