<
>

Copa do Brasil: Flamengo leva golaço de bicicleta, mas vira contra time da Série C e abre vantagem

O Flamengo sofreu, mas conseguiu a virada por 2 a 1 contra o Altos-PI pelo jogo da ida da terceira fase da Copa do Brasil


O Flamengo largou atrás, mas conseguiu vencer o Altos-PI de virada por 2 a 1, neste domingo (1º), no estádio Albertão, em Teresina, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Manoel abriu o placar com um golaço de bicicleta para o time da casa, mas Pedro e João Gomes garantiram o triunfo para a equipe carioca, que agora joga por um empate para chegar às oitavas da competição.

No primeiro tempo o time rubro-negro foi muito abaixo na partida e, apesar de ter mais a bola nos pés, não sobressaiu diante da equipe piauiense e finalizou sem precisão. O Altos, por sua vez, soube se defender e apostou nos contra-ataques. E foi justamente assim que criou a melhor chance do jogo no chute no travessão de Manoel, após boa tabela com Marconi.

Depois de sair vaiado pela torcida ao deixar o campo no intervalo, o Flamengo voltou melhor para o segundo tempo. Logo aos 5, após cobrança de escanteio, Léo Pereira cabeceou, Marcelo rebateu. Na sobra, Pedro demorou para finalizar dentro da pequena área e zaga adversária apareceu para tirar o perigo. Em resposta, o Altos encaixou o contra-ataque com Betinho pela esquerda, mas David Luiz afastou.

Até que aos 16, em bola levantada na área, Bruno Henrique tentou tirar de cabeça e se atrapalhou com o goleiro Santos. Manoel aproveitou a balança, emendou uma bicicleta e anotou um GOLAÇO para abrir o placar para o time do Piauí. Mas a alegria durou pouco...

Quatro minutos depois, Bruno Henrique roubou a bola de Tibiri e cruzou na medida para Pedro empatar no Albertão.

A partida então ficou bastante truncada. Foi quando David Luiz acertou uma bomba trave em cobrança de falta. A bola cruzou a pequena área, bateu na outra trave, a zaga adversária se atrapalhou e João Gomes empurrou para virar o jogo para o Flamengo, aos 33.

Na sequência, Pedro quase fez o terceiro. Ele tirou do defensor, chutou, mas o goleiro Marcelo desviou e a bola acabou na trave.

Situação do campeonato

Com a vitória, o Flamengo pode até empatar o jogo de volta que garante sua ida às oitavas de final da Copa do Brasil. Caso o Altos-PI vença por um gol de diferença, a definição será nos pênaltis.

O cara: Pedro

Autor do primeiro gol do Flamengo, o atacante ainda acertou a trave e quase marcou o terceiro para o time rubro-negro. Com o tento anotado, Pedro encerrou um jejum após ficar 12 jogos sem balançar as redes.

Foi bem: Lázaro

O garoto não balançou as redes, mas mudou o jogo quando entrou no lugar de Igor Jesus e foi um dos destaques na noite deste domingo.

Foram mal: Bruno Henrique e Santos

A dupla falhou feio no GOLAÇO de bicicleta anotado por Manoel. Na jogada, em bola levantada na área depois de uma cobrança de falta na intermediária, Bruno Henrique tenta afastar de cabeça, mas não consegue e se enrola com o goleiro Santos.

Foi muito mal: Fábio Aguiar

O zagueiro do Altos-PI fez uma lambança ao não afastar a bola na pequena área no gol da virada do Flamengo. No lance, David Luiz acertou uma bomba na trave em cobrança de falta. A bola cruzou a pequena área, bateu na outra trave, foi quando Fábio Aguiar se enrolou e João Gomes mandou a bola para o fundo das redes.

Próximos jogos

O Flamengo volta a campo na quarta-feira (4), às 19h (de Brasília), para enfrentar o Talleres pela 4ª da fase de grupos da Conmebol Libertadores, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

No mesmo dia e horário, o Altos encara o ABC pela Série C do Campeonato Brasileiro.

Já a partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil acontece no dia 11 de maio, no Maracanã, em horário a ser definido.

Ficha técnica

Altos-PI 1 x 2 Flamengo

GOLS: Manoel (17' do 2ºT), Pedro (21' do 2ºT), João Gomes (33' do 2T)

ALTOS-PI: Marcelo; Júlio Ferrari (Danilo), Fábio Aguiar, Lucas Souza e Dieyson; Sousa Tibiri (Bruno Leite), Marconi (Lídio) e Diego Viana; Eliélton (Danillo Bala), Betinho e Manoel (Dieguinho). Técnico: Francisco Diá

FLAMENGO: Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Ayrton Lucas (Marcos Paulo); Daniel Cabral (Gomes), Diego e Igor Jesus (Lázaro); Bruno Henrique (Petterson), Marinho (Victor Hugo) e Pedro. Técnico: Paulo Sousa