<
>

Premier League: Everton vence 'batalha' no Goodison Park e Manchester United vê G4 cada vez mais difícil

O Everton venceu o Manchester United neste sábado, pela 32ª rodada da Premier League, dentro do Goodison Park


Foi uma batalha. Incansável e brigando por cada bola, o Everton venceu o Manchester United por 1 a 0 neste sábado (09), pela 32ª rodada da Premier League, e deu mais passo importante na dura missão de seguir na primeira divisão inglesa. A partida teve transmissão exclusiva pela ESPN no Star+.

A derrota deixou o time de Cristiano Ronaldo estacionado na 7ª posição, cada vez mais longe de uma vaga para a próxima edição da Champions League.

O único gol da partida por Anthony Gordon, ainda no primeiro tempo.

Mesmo jogando dentro do Goodison Park, quem comandou o primeiro tempo foi o Manchester United, que chegou a quase 80% de posse de bola. O alemão Ralf Rangnick, no entanto, não contava com um sábado pouco inspirado de seu ataque.

Com CR7 bem marcado e Bruno Fernandes errando mais do que de costume, os Red Devils sofreram para converter o domínio em perigo ao jovem Pickford.

Mas se a eficiência não foi uma característica do United no primeiro tempo, o Everton mostrou que a necessidade do resultado faz milagres.

Jogada de individual de Richarlison, bola viva na área e chute de Gordon desviado em Maguire.

Foi o gol do Everton que fez explodir o Goodison Park.

Se o primeiro tempo foi de domínio total do Manchester United, a etapa complementar deixou este cenário ainda mais extremo. Abrindo mão da posse de bola, o Everton optou por guerrear por cada lance, fechando as linhas de marcação e segurando o time de Ralf Rangnick.

Quando tinha a bola, os Toffees contaram com um incansável Richarlison para segurar a dupla de defesa do United, incomodando com sua velocidade.

Nas oportunidades em que os Red Devils conseguiram criar algum perigo, o seguro Pickford apareceu para garantir o resultado importantíssimo para o Everton.

Situação no campeonato

O Everton chega a 28 pontos e termina a partida com uma vantagem de quatro pontos para o Burnley, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

O Manchester United segue estacionado nos 51 pontos, na 7ª posição.

Melhores momentos

O cara: Richarlison

Principal opção ofensiva do Everton na partida, o brasileiro não se escondeu e guerreou por cada bola no Goodison Park. Foi decisivo na jogada do gol de Gordon pela jogada individual e ainda conseguiu segurar a bola no ataque em momentos importantes no segundo tempo.

Um guerreiro em campo.

Foi mal: Calvert-Lewin

Mais uma partida discreta de Calvert-Lewin. Uma das principais esperanças do Everton para os gols, o atacante passou em branco diante do United e acabou substituído na metade do segundo tempo por Frank Lampard.

Atuação apagada.

Próximos jogos

O Everton volta a campo apenas no dia 20, quando recebe o Leicester no Goodison Park. Já o Manchester United atuará novamente no dia 16, diante do Norwich, em Old Trafford.

Ficha técnica

EVERTON 1 X 0 MANCHESTER UNITED

GOLS: Anthony Gordon (27'), para o Everton

Everton: Pickford; Coleman, Keane, Godfrey e Mykolenko; Allan, Iwobi e Delph (Doucouré); Gordon, Richarlison e Calvert-Lewin (Gray). Técnico: Frank Lampard

Manchester United: De Gea; Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire e Alex Telles; Matic (Mata), Fred (Pogba), Sancho, Bruno Fernandes e Rashford (Elanga); Cristiano Ronaldo. Técnico: Ralf Rangnick