<
>

Querétaro jogará com portões fechados por um ano após incidentes contra o Atlas; organizadas são punidas por três anos

Após briga generalizada entre torcedores em partida contra o Atlas, o Querétaro sofreu as primeiras sanções


Nesta terça-feira (8), as primeiras medidas por conta dos incidentes que causaram, ao menos, 17 mortos na partida entre Querétaro e Atlas no último final de semana foram tomadas.

Responsabilizado pelo caso, o Querétaro foi punido a jogar um ano com portões fechados em casa em partidas de todas as categorias de base e profissional no masculino e no feminino.

Além disso, as torcidas organizadas do clube estão proibidas de entrarem em partidas por três anos e a instituição terá que pagar 1,5 milhão de pesos (cerca de R$ 360 mil).

A sanção de portões fechados tem data de início no dia 8 de março de 2022 e será cumprida até 7 de março de 2023. O clube ainda teve derrota por 3 a 0 decretada.

A Polícia local ainda conseguiu prender os primeiros suspeitos. Os primeiros 10 detidos passaram por exames médicos e foram transferidos para o Cereso de San José el Alto. Eles possuem mais de uma acusação contra seus nomes, sendo a principal a de tentativa de homicídio.

Estima-se que já ocorreram cerca de 25 detenções, resultado de 21 buscas realizadas à noite em Querétaro. Inicialmente, foram expedidos 26 mandados de preisão.