<
>

Ganso abre o coração e diz por que começou a perder motivação na Europa: 'Definitivamente não vai'

Jogador do Fluminense, Paulo Henrique Ganso explicou o que sentiu na Europa e por que voltou ao Brasil


Atualmente no Fluminense, o meia Paulo Henrique Ganso não teve uma passagem de destaque pela Europa como se imaginava no início da sua carreira, ao se destacar pelo Santos campeão da Conmebol Libertadores de 2011 e em partes de sua longa passagem pelo São Paulo.

Em duas temporadas pelo Sevilla, Ganso teve 7 gols e 6 assistências em 28 jogos. No entanto, o meia nunca teve uma sequência na equipe e trabalhou com quatro treinadores diferentes. Já em menos de seis meses no Amiens, da França, foram apenas 13 jogos, com 3 assistências e nenhum gol.

Em depoimento publicado no site The Players’ Tribune, Ganso recordou sua passagem pelo futebol europeu e disse quando começou a perder a motivação de estar no velho continente, já pensando em um retorno ao Brasil.

O mais difícil para o jogador é quando ele não se sente importante pro time. Porque tira a tua motivação, você não está com a cabeça 100% ali no que tem de fazer. O que adianta se você não vai jogar? Eu me esforçava, mas vai passando o tempo e você acaba deixando de se sentir útil”.

“Eu falo que assim… Para mim, a cabeça é 80, 90% de um jogador de futebol. Se você está bem com a tua cabeça, o resto é natural. Porque correr, se preparar fisicamente, todo mundo vai correr, vai se preparar. Mas, se você não estiver com a cabeça boa, motivado e com ritmo de jogo, não vai. Definitivamente, não vai. Não acontece”.

Após a breve passagem pela França, Ganso retornou ao futebol brasileiro no início de 2019, quando foi contratado pelo Fluminense. Desde então, o meia de 32 anos já ultrapassou a marca dos 100 jogos com a camisa tricolor em seu quarto ano pelo clube das Laranjeiras.

Falando em Flu, o próximo compromisso do time tricolor é fundamental. Nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), a equipe de Abel Braga recebe o Olimpia pelo jogo de ida da 3ª fase da Conmebol Libertadores - a última antes da fase de grupos. O duelo, que ocorre no Estádio Nilton Santos, terá transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.