<
>

Valorant | Reykjavík será a sede do próximo Masters

play
'Se a gente merece, vamos conseguir', crava Sacy sobre segunda vaga em torneios internacionais de VALORANT. (2:58)

O novo jogador da LOUD fala sobre cenário feminino e investimento em mais campeonatos (2:58)

Riot Games revela em site chines, que o primeiro VALORANT Masters do ano será realizado em Reykjavík, na Islândia.


Sem anúncio oficial no ocidente, a Riot Games através do site site chinês Weibo, revelou que o primeiro VALORANT Masters do ano será realizado em Reykjavík, na Islândia. O evento será realizado entre os dias 10 a 24 de abril, com as primeiras grandes pontuações para o Champions no fim do ano.

Esta será a segunda edição de um Masters, em Reykjavík, onde tivemos a partição das equipes Team Vikings e Sharks, como representantes brasileiras. A equipe norte-americana da Sentinels foi a campeã na última edição realizada em Reykjavík, vencendo a Fnatic na ocasião.

“Levar os eventos de VALORANT para o público ao vivo em 2022 é uma das principais prioridades dos esports. No entanto, a Islândia continua sendo um local ideal para sediar competições internacionais offline até que seja seguro sediar um evento que manterá os fãs envolvidos”, comunicou a Riot Games no Weibo.

“É precisamente devido ao nosso profundo relacionamento e forte ligação com a Islândia que todas as equipas de qualificação têm a melhor garantia de participação. Além disso, o fuso horário da Islândia facilita o agendamento de partidas para espectadores online em diferentes continentes”, completou.

O VALORANT Masters contará com apenas 12 equipes, a Riot diminuiu o número de equipes participantes, no intuito de balancear o número de vagas em todas as regiões. A Europa/EMEA terá três vagas, enquanto a América do Norte terá duas. O Sudeste-Asiático sofreu mudanças e suas eliminatórias aconteceram junto da Oceania. Brasil, Coreia do Sul e Japão terão uma vaga direta.

A novidade da temporada foi a distribuição de vagas, com as equipes brasileiras tendo que competir contra a LATAM, por uma vaga nos Masters. O Last Chance sul-americano vai dar duas vagas para a Champions. tanto o Brasil como as equipes latinas vão ter direito a uma vaga direta para os Masters.