<
>

Major | Na'Vi confirma favoritismo em cima da G2 Esports e garante título no campeonato

s1mple quebra tabu e garante seu primeiro título de Major PGL

Em vitória sobre a G2 Esports por 2 a 0, a Na'Vi levantou o troféu em Estocolmo e garantiu à s1mple seu primeiro título de Major


Depois de mandarem Gambit Esports e Heroic para casa, s1mple e NiKo se opuseram nos palcos da Avicii Arena em uma série melhor de três entre Na’Vi e G2 Esports que acabou dando aos russos o título de campeão mundial. A conquista do campeonato por 2 a 0, coroou a Na’Vi de s1mple como grande campeã, além de garantir à equipe U$ 1 milhão em premiações e o marco de ser a primeira equipe a conquistar o Major sem perder um mapa sequer.

Após semanas de confrontos intensos em Estocolmo, o Major de CS:GO finalmente conheceu seu grande campeão na tarde deste domingo (07) em uma partida que acabaria com o tabu ou para NiKo ou para s1mple, duas grandes lendas do Counter-Strike que ainda não possuíam títulos do mundial. A série melhor de três começou com as equipes se enfrentando na Ancient, escolhido pela G2 Esports.

NA’VI 1 x 0 G2 ESPORTS

Na primeira partida entre as equipes, o CT da Natus Vincere mostrou-se um pouco superior aos ataques da G2, conseguindo se defender em oito rounds mas cedendo a sete ataques de sua adversária e indo para o lado do TR com apenas um ponto de diferença no placar, com AmaNEk e NiKo sendo os grandes destaques da G2.

A mudança de lados para o ataque mostrou uma Na’Vi irreverente e sem dó de seus adversários, além de apresentar um s1mple inspirado para agarrar seu primeiro Major. Em uma atuação de gala do awper ucraniano, que garantiu uma diferença de quinze abates a mais que mortes, o elenco cravou ataques explosivos para fazer rapidamente os oito pontos que faltavam para fechar o primeiro mapa: 16 a 11 para abrir o primeiro ponto na série.

NA’VI 2 x 0 G2 ESPORTS

A segunda partida da decisão aconteceu na Nuke, escolha da Na’Vi e mapa no qual a equipe possui um recorde de dezessete vitórias consecutivas. Começando no ataque, a organização russa viu a G2 Esports ditar o ritmo da partida com boas defesas e manter-se à frente no placar durante grande parte da primeira metada para virar os lados com uma diferença de cinco pontos e complicar sua situação no mapa.

O lado CT da Na'Vi trouxe um pouco de respiro à equipe. Após ver os adversários ameaçarem cada vez mais a vitória no mapa ao chegar aos 14 pontos, a equipe de Boombl4 se recuperou em uma série de rodadas emocionantes e com uma defesa impenetrável, levando a partida para a prorrogração após cinco match points da G2.

O começo do overtime trouxe as equipes trocando vitórias nas rodadas iniciais, mas logo mostrou a Na'Vi confortável em seu mapa de escolha. Quatro rounds seguidos foram o suficiente para cravar o 22 a 19 no placar e sagrar a Na'Vi como a grande campeã.

O próximo campeonato da Natus Vincere acontece entre os dias 24 e 28 de novembro, onde os grandes campeões irão disputar a BLAST Premier Fall Finals. Além da Na’Vi, o campeonato que aocntece na Royal Arena, na Dinamarca, receberá as equipes Team Vitality, Ninjas in Pyjamas, Astralis, BIG, FaZe Clan, Heroic e Team Liquid.