<
>

CBLoL: Diamondprox não fará parte da FURIA para temporada de 2022

O jogador russo chegou ao plantel dos Panteras para o segundo split de 2021 FURIA

Segundo apuração feita pelo portal ge, Danil “Diamondprox” não deve fazer parte dos planos da FURIA para o próximo ano e não competirá pela equipe na temporada de 2022. O contrato do jogador russo tem previsão para terminar no dia 20 de novembro deste ano e não será renovado, conforme foi confirmado por Jaime Pádua, fundador e um dos donos da organização, ao portal.

Um dos jogadores mais aclamados para a função de caçador, sendo considerado um dos precursores da posição ainda nos primórdios do League of Legends, o nome de Diamondprox ganhou força ao redor do mundo durante sua passagem pelas equipes Moscow Five e Gambit. A contratação, que animou os fãs brasileiros, não rendeu frutos durante a segunda etapa do CBLoL e o russo amargurou ao lado da organização a última colocação no torneio.

A saída de Diamondprox acompanha a de seu ex-companheiro de equipe tanto na Moscow Five quanto na Gambit e também ex-treinador/jogador da FURIA, Edward. Durante sua passagem pelo cenário brasileiro, o caçador russo não conseguiu mostrar seu jogo e, ao final do campeonato, também ficou na lanterna do ranking de KDA (abates, mortes e assistências) dos caçadores presentes na competição.

“É um jogador com experiência internacional, porém em uma função em que a barreira de linguagem é muito grande. Como caçador, uma posição de shotcalling, é difícil ter um cara que fala russo, ter que traduzir para o inglês e esse inglês ter de ser traduzido para o português. Existe uma barreira que dificulta a comunicação mais rápida e clara. Foi muito mais uma dupla barreira de idioma do que pela performance em si”, respondeu Jaime Pádua sobre a contratação do caçador em entrevista ao ge.