<
>

CBLoL: Após derrota, Dynquedo diz que Rensga será 'um time bem difícil nos playoffs'

A LOUD foi dominada pelos Cowboys da Rensga neste sábado (31) Acervo pessoal

Encaminhando-se para os playoffs, o último fim de semana da fase regular do Campeonato Brasileiro de League of Legends mostrou a força de algumas equipes que se dirigem para a próxima fase: Flamengo teve uma dura derrota para a KaBuM, RED Canids voltou a mostrar problemas dentro de jogo, LOUD foi dominada pela Rensga e muito mais. Confira o resumo da rodada a seguir.

FLAMENGO 0 x 1 KABUM

Começando o primeiro dia da reta final do CBLoL, o Flamengo entrou no jogo buscando vencer para tentar ser uma das equipes que avança diretamente para as semifinais. Um começo bom com o first blood em cima do caçador Ryan animou os rubro-negros, mas logo foi anulado ao mostrar a KaBuM conquistando três abates na parte inferior do mapa.

Com um ótimo combo entre Parang e Tutsz na região do Arauto, o Flamengo se manteve vivo na partida, mas não foi suficiente para parar os Ninjas. Mostrando um mid game mais controlado que a adversária, mesmo com alguns vacilos aqui e ali, a KaBuM conseguiu marchar pela rota superior abrindo a base para destruir o nexus e complicar a vida dos Urubus na busca pela semifinal.

“Infelizmente ainda não tive muito tempo pra raciocinar e poder acentuar todos os pontos que poderíamos ter feito melhor, com certeza não foi uma das melhores campanhas que poderíamos ter no atual momento por conta de acreditarmos que é um time com capacidade de ir aos playoffs, mas infelizmente não conseguimos chegar no nível a tempo”, observa Evrot.

FURIA 0 x 1 RED CANIDS

Começando com um jogo mais calmo, a Matilha começou o jogo na frente a partir de uma boa leitura de Aegis que garantiu uma eliminação dupla na rota do topo ao responder um gank do russo Diamondprox. Apesar de Anyyy conseguir recuperar o ritmo da FURIA ao cobrar uma eliminação dupla, a Matilha continuou a se mostrar agressiva dentro de jogo e lentamente buscou vantagens através do bom momento do caçador Aegis.

O problema que assola a RED Canids há tempos de buscar jogadas sem muito sentido ao redor do mapa garantiu com que a FURIA respirasse na partida e fez com que o jogo demorasse mais do que o esperado. Um roubo do barão pelo lado da Matilha e a superioridade mecânica do quinteto jovem da Matilha garantiu a vitória para a equipe mas mostrou que muitos problemas ainda não foram resolvidos.

“No sentido de preocupação, não preocupa a gente dessa forma [as dificuldades com a indisciplina que a equipe possui]. Quem mais cometeu esses erros foi eu e o Avenger, então da minha parte eu cometi mais esses erros por estar com um campeão que não treino muito que foi o Jax - que é um campeão bem situacional -, foi uma questão de conhecimento. Tirando isso acho que é uma questão de trabalhar nossas rotas laterais melhor”, avalia Guigo sobre os problemas da equipe pré-playoffs.

RENSGA 1 x 0 LOUD

Destoante dos jogos passados da Tropa, a LOUD entrou no confronto contra os Cowboys neste sábado sem mostrar aquela força assertiva da equipe. Em um mix de bons ataques ao redor do mapa e também de erros por parte dos jogadores da LOUD, a Rensga disparou no placar de abates e objetivos para conduzir a partida a seu favor.

Fazendo bom uso de seus combos entre Diana e Sett para preparar jogadas para o Yasuo de Yuri, a equipe de goiânia dominou o jogo do começo ao fim e animou os fãs nas partidas de véspera dos playoffs - aos 25 minutos acabaram com o sofrimento da adversária e fecharam o jogo.

“A Rensga é um time que vem mostrando bastante evolução e é um time forte, vejo eles sendo um time bem difícil nos playoffs. Mas essa derrota não é algo que impacta muito na nossa vida, já estamos classificados e focados nos playoffs, então esse jogo era mais para testar algumas coisas e jogar com coisas diferentes, mais para se divertir, ter um jogo mais limpo, sem pressão e sem stress. Mas não estou dizendo que não jogamos para ganhar, obviamente todos os jogos entramos pra ganhar independente de onde é”, conta Dynquedo sobre a derrota.

VORAX 1 x 0 INTZ

Em um começo mais cadenciado e calmo, o jogo que trouxe Taara como titular para a INTZ devido à confirmação de que o atirador micaO teria testado positivo para o COVID-19 trouxe os Intrépidos mostrando um começo de partida sólido. Encontrando abates e controlando objetivos, mostraram que tinham vindo para ganhar, mas não conseguiram tirar a Vorax totalmente do jogo.

Respondendo bem os avanços da adversária, a Vorax manteve-se bem no jogo e a partir de uma perseguição por parte dos Intrépidos na rota inferior do mapa acabou se tornando uma maldição para a equipe, que viu a Vorax capitalizando em cima do erro adversário para fechar a penúltima partida do dia.

“[Vamos jogar] focados em mostrar o mesmo jogo de sempre, mas isso não exclui a possibilidade de ter uma escolha surpresa ou algo do tipo. A seriedade é a mesma em respeito ao nosso trabalho e do outro time também vamos jogar sério e vai ser como qualquer outra partida do campeonato”, comenta Matsukaze sobre a partida deste domingo (01).

NETSHOES MINERS 0 x 1 PAIN GAMING

O último jogo do dia ficou por parte dos Tradicionais, que assim como o logo da Netshoes Miners, atropelou a equipe mineira como uma locomotiva. Com um early game agressivo e uma ótima composição para capitalizar suas vantagens enquanto na frente, os Tradicionais não mostraram margem de erro para os Miners voltarem para o jogo.

Uma boa luta na rota inferior foi o começo do passeio da paiN: tiveram seu Arauto roubado pela adversária mas encaixaram uma boa luta para compensar, encontraram pickoffs ao redor do mapa e garantiram todos os objetivos possíveis. Um roubo de Barão de Cariok foi a cartada final dos Tradicionais para avançar pela rota inferior e acabar com o jogo.

"Agora a gente vai ter a vantagem de saber os campeões e a estratégia que o time que vamos jogar contra vai utilizar nos playoffs, que sabemos que é um jogo bem diferente, enquanto que da última vez tínhamos vantagem de ritmo de jogo. Na minha visão o que importa é mostrar evolução, principalmente nessa parte final do campeonato, e acho que conseguimos mostrar isso", observa Robo sobre a garantia nas semifinais.

17ª RODADA

Os últimos confrontos da fase regular do Campeonato Brasileiro de League of Legends continuam neste domingo (31) com os seguintes confrontos:

  • KaBuM! Esports x paiN Gaming

  • RED Kalunga x RENSGA

  • Netshoes Miners x VORAX Liberty

  • INTZ x FURIA

  • LOUD x Flamengo Esports

Para ficar por dentro do CBLoL 2021, acesse nossa página especial do torneio.