<
>

Free Fire: Chapecoense confirma chegada na Série B da LBFF

A Chapecoense é mais um dos clubes a garantir uma vaga na principal competição de Free Fire brasileiras Chapecoense eSports

Na última quinta (8), mais um tradicional clube de futebol cravou sua entrada na série B da LBFF, a Chapecoense. O clube catarinense continua seus investimentos dentro do cenário ao anunciar uma parceria com a equipe STCZ, classificada para a Série B com o elenco XNEW 333, para representar a associação dentro do título da Garena nos próximos dois anos.

Ainda sem um elenco definido, o investimento do clube de Chapecó visa trazer grandes nomes do cenário para representá-lo dentro dos servidores. Entre os nomes cotados do cenário para vestir o manto do clube, está o de Horus, capitão ex-Cruzeiro.

Os investimentos do clube dentro dos esportes eletrônicos tiveram início ainda no último ano, através da parceria entre a Chapecoense e a agência Red Button, especializada em gestão de carreiras.

"A nossa entrada na série B da Liga Brasileira de Free Fire mostra um avanço muito importante para o e-Sports da Chape, é algo que estamos buscando desde o split passado. A equipe já está sendo montada, e estamos nos estruturando para buscar a classificação para a série A", conta Thiago Ramos de Abreu Mariante, CEO da Chapecoense e-Sports.

Já presente nas modalidades de Free Fire e Pro Evolution Soccer (PES), atualmente a equipe estuda a entrada em outras modalidades, entre elas o CS:GO e a versão mobile de League of Legends, Wild Rift.

"A parceria com a equipe de e-Sports da Chapecoense é muito importante para nós. Representar a equipe na Liga Brasileira de Free Fire é um avanço muito grande, e vamos buscar a classificação para a série A.", são as palavras de Matheus Reis Gonçalves de Lima, representante da equipe STCZ e-Sports.