<
>

Free Fire: Copa Nobru volta com mais quatro temporadas em 2021

play
"Acho que era um pouco de nervosismo sim", conta K9 sobre começo ruim da Fluxo na LBFF4 (2:24)

O treinador fala sobre como a experiência dos veteranos ajudou a superar a fase ruim (2:24)

Mais uma vez, Nobru dá um grande passo dentro do Free Fire. Com a última edição sendo realizada nos últimos meses de 2020, o jogador profissional da Fluxo que dá nome ao campeonato anunciou que a Copa Nobru passará a ser chamada de CPN e trará mais quatro edições no decorrer do ano de 2021.

Com 36 equipes de emuladores sendo distribuídas em dois grupos durante a fase regular do campeonato, a CPN chega com o foco em ajudar e dar oportunidade para aqueles que almejam chegar na elite.

“Esse jogo me deu a oportunidade de mudar de vida e ajudar minha família. Agora, chegou a hora de ajudar ainda mais a rapaziada. Com esse torneio, que é feito pela comunidade para a comunidade, quero dar a oportunidade para quem está lutando para crescer no cenário”, crava Nobru.

O campeonato, idealizado por Nobru e executado em parceria com a 3C Gaming - agência que gerencia a carreira dos atletas de sua organização - terá início na próxima terça-feira (06) e promete trazer novidades. Entre elas, um novo formato para o campeonato e para os playoffs.

COMO SERÁ?

Dentro da Série A, as 24 equipes convidadas por Nobru serão distribuídas em quatro grupos de seis times cada. Nas duas primeiras semanas, de 06 a 15 de abril, o campeonato será realizado ao longo de três dias por semana, com seis quedas por dia - totalizando três quedas por equipe.

Ao fim das duas primeiras semanas da fase de grupos, as 18 melhores equipes garantem suas vagas dentro dos playoffs, enquanto as equipes em 19º a 22º lugar disputam a repescagem e, as duas últimas, sendo rebaixadas na temporada seguinte.

Dentro dos playoffs, as melhores equipes se enfrentarão ao longo de 18 quedas, que serão distribuídas em seis por dia ao longo de três dias de competição. Com pontuação corrida incluindo a pontuação da fase de grupos, as 12 melhores colocadas avançam para as finais.

Por lá, a pontuação geral será zerada e, assim como nos playoffs, as equipes se enfrentarão ao longo de mais três dias com 18 quedas no total para decidir quem levanta a taça de campeão da CPN.

Deixando de lado a exclusividade da Série A, que conta com 24 equipes convidadas, a CPN também contará com a Série B, que é para onde as equipes serão rebaixadas e que servirá como uma divisão de acesso para os 288 times que se enfrentarão nas classificatórias. As inscrições dos times para a Série B poderão ser feitas a partir desta quinta (01) através do site oficial do campeonato.

Com doze equipes classificadas através das classificatórias, os times se enfrentarão ao longo de 4 de maio a 6 de maio (terça, quarta e quinta) em um total de 18 quedas, também sendo distribuídas em seis por dia.

Ao terminar a fase de grupos, as duas melhores equipes sobem para a Série A, enquanto os times de posição de 3 a 10 se juntam às equipes enviadas para repescagem da série superior. Os dois últimos colocados dão adeus à liga, mas garantem vaga para a qualificatória da temporada seguinte.

Com as novidades, a Copa acontecerá em dias diferentes para cada: 06 de abril à 29 de abril para a Séria A, e 04 de maio à 09 de maio para a Série B. Os jogos serão realizados de forma online.

Assim como nas edições anteriores, a terceira temporada do campeonato contará com uma premiação total de R$ 50 mil reais que serão distribuídos entre as 12 equipes finalistas, além do troféu. A transmissão do campeonato será realizada através do canal oficial de Nobru no site da Twitch.