<
>

CSGO: Na contramão do resto do cenário, MIBR anuncia chegada de Exit como sexto jogador

play
Gio fala sobre a possibilidade da FaZe voltar ao topo com a volta de Karrigan (2:07)

O capitão brasileiro também fala sobre as consequências da chegada de Twistzz e a saída de Olof (2:07)

Contrariando a tendência mundial que vimos nos últimos meses CS:GO de times do cenário, como a Vitality, se despedindo de seus sexto jogadores, a brasileira MIBR bate de frente e anuncia a mais nova adição ao elenco. Após um longo período na Sharks, Exit deixa o plantel dos tubarões e passa a representar a lendária tag.

“Estamos muito felizes e empolgados para essa adição importantíssima pra gente. Como todos sabem, nossa transição para o MIBR foi muito rápida (...) foi quando a gente trouxe o Danoco para o time, que nos ajudou muito nesses primeiros dois meses na Europa”, comenta Apoka.

Segundo o treinador, o recém chegado já se encontra em Waiblingen, na Alemanha, treinando com a equipe. Inclusive, Exit esteve treinando nessa primeira semana no lugar de Danoco para a equipe entender como será a dinâmica com o novo jogador.

“Sempre fomos analisando o mercado e conseguimos essa oportunidade de trazer o Exit, um cara que tem o perfil da MIBR, o perfil que a gente busca. Então estamos muito felizes com a adição dele”, completa.

Ciente da importância e necessidade de um sexto jogador no elenco, o treinador ainda afirma que Danoco continuará com a equipe. Para a Blast, próximo compromisso da equipe, será decidido entre a comissão técnica qual será a melhor combinação de jogadores para o mesmo.

Apoka ainda comenta sobre como será a organização da equipe para os eventos RMR, que punirá as equipes pelo revezamento de jogadores, contando que a equipe “vai decidir até esse momento [torneio RMR] os cinco jogadores” que atuarão dentro de servidor. Por conta da medida adotada pela Valve, o cenário de CS:GO vem presenciando a despedida de diversos sextos jogadores ao redor do mundo.

Após a chegada do quinteto no começo do ano, a lendária organização vem passando por dificuldades de se impor e se encontrar dentro dos jogos que disputa no Velho Continente, amargurando posições abaixo do esperado e com dificuldades de replicar a performance dominante mostrada com a BOOM em solo brasileiro.

Com apenas 24 anos, o brasileiro Exit conquistou diversas competições regionais de Portugal e bateu cartão em competições como ESL Pro League e DreamHack. O jogador fez parte do elenco dos tubarões desde a criação da organização, e agora passa a fazer parte da MIBR.