<
>

Erickão defende brTT: "Se as pessoas soubessem a diferença que ele faz, todos entenderiam sua importância"

play
MatchMaking: Tudo sobre a primeira semana do CBLoL 2021 (4:50)

Felipe Felix e Rodrigo Guerra falam sobre a abertura do campeonato de League of Legends, incluindo as duas vitórias do Flamengo (4:50)

Mantendo a invencibilidade no campeonato, o Flamengo fechou a participação na semana três, realizada neste domingo (31), com vitória contra a paiN Gaming, que ainda balança no campeonato e não pontuou no final de semana. Já a RED Canids atropelou a Rensga com a força da base e segue na disputa pela liderança do torneio.

Apesar da derrota contra o Flamengo, Erickão, manager da paiN Gaming, em resposta a ESPN Esports Brasil, comentou sobre o clima dentro da organização após o polêmico tweet de brTT na derrota contra a Vorax e rasgou elogios ao atirador pentacampeão brasileiro.

“Nossa convivência é ótima. A gente acaba lendo muita coisa na rede social, acredito que o brTT mais do que qualquer um no Brasil, pelo que ele representa. As derrotas sempre acabam indo nas costas de algum jogador e o brTT acaba pagando o preço por ser quem ele é, mas as pessoas não têm ideia do quanto o brTT agrega pro nosso time, quão bom ele é, dentro e fora de jogo. Acho que foi isso que ele quis dizer, poucos sabem tudo que ele representa aqui dentro”, conta o manager.

Ainda sobre o jogador, Erickão completou falando sobre a importância do jogador na equipe e no cenário de League of Legends.

“Não digo só na paiN, mas no esport brasileiro, o que o brTT representa é muito forte, a diferença que ele faz dentro e fora de jogo como teammate é gigantesca. Eu falei isso pra ele no fim do ano passado, depois do Prêmio CBLOL, que ele não ganhou e todos os anos anteriores ele havia ganho pelo menos uma categoria, que caso existisse uma premiação de melhor teammate, com certeza seria Hors concours, porque ele sempre ganharia. Se as pessoas soubessem a diferença que o brTT faz dentro e fora de jogo, todos entenderiam a importância dele de uma forma muito mais ampla. Acho que foi um desabafo pela as coisas que ele tá lendo.”

A chegada de Edward na FURIA

Multicampeão na Europa, o consagrado ex-suporte Edward chegou recentemente ao Brasil para atuar presencialmente como técnico da FURIA, em um movimento “atrasado” da janela de transferências que chocou grande parte da comunidade do game. Em resposta ao ESPN Esports Brasil, Damage comentou sobre a chegada do armêno ao CBLOL.

“O Edward é um cara muito inteligente, ele dá bons pontos sobre o jogo e como jogar o mapa num geral. Nunca vi alguém explicando tão bem quanto ele. Não tem nenhuma barreira linguística entre a gente, o único que não fala inglês é o Any, mas ele ainda sim entende tudo que o Edward fala.”

Estreia de Ryan e Wizer

Emplacando a segunda vitória seguida no campeonato, após a chegada de Ryan e Wizer, Nuddle, técnico da KaBuM, comentou que esperava uma estreia avassaladora da dupla e os métodos de trabalho dentro da organização, em resposta a ESPN Esports Brasil.

Eu esperava eles chegando atropelando, socando, chutando, você escolhe a palavra, porque eles estavam jogando muita SoloQ na Coreia e todo mundo sabe que o nível de gameplay lá, em termos de mecânica e visão de jogo, é extremamente alto. Então eu não esperava menos que dois jogadores prontos.

Além da mecânica, o técnico deu destaque para sinergia dos coreanos com a equipe e a mentalidade de trabalho dentro da KaBuM.

“Em termos de sinergia, o jeito que trabalhos como time, mais especificamente com o Professor, que vive brincando de como nos esforçamos no dia a dia, então eu já esperava uma boa sinergia, porque o bom League of Legends, independente da região, os conceitos vão se conectar. Estamos tentando melhorar cada vez mais o nosso jogo, ao invés de reparar nosso estilo de jogo. Se erramos, não tentamos mudar aquilo com drafts, falando “nós nunca mais vamos fazer isso”, então estamos tentando consertar essas coisas, para que os erros sejam benéficos para o nosso time.”