<
>

Fifa 21: Os trios ofensivos para tornar seu time goleador no Ultimate Team

O ataque é primordial no futebol e os jogadores mais valorizados do mundo são aqueles com função de marcar os gols de suas equipes. O centroavante segue em alta, enquanto os pontas ganham cada vez mais espaço nas grandes ligas.

Quando o assunto é Fifa 21, contar com grandes pontas e centroavantes é o sonho de 10 entre 10 jogadores do Ultimate Team. Sendo assim, o ESPN Esports Brasil reuniu grandes trios ofensivos que serão a chave para a vitória de seu time.

Tem trios reais de equipes do futebol europeu, a melhor formação possível do FUT e composições bastante acessíveis para quem está sem orçamento.

Os preços a seguir possuem valores médios em Fifa Coins no Mercado de Transferências. Já as escolhas respeitam as posições dos jogadores em campo de Fifa 21.

REAIS

Velocidade e Controle de Bola são os grandes positivos da dupla de pontas Mahrez e Sterling. Eles ficam responsáveis por abrir a marcação adversária e munir o argentino Aguero, excelente finalizador (94).

Salah e Mané são pontas natos, com velocidade e dribles excelentes, além do diferencial da pontaria. Eles unem suas forças à Firmino, que não é dos melhores finalizadores, mas pode jogar como pivô e servir seus companheiros.

Assim como o Liverpool, o PSG conta com dois pontas dos mais qualificados. Mbappé e Neymar são rápidos, dribladores e finalizadores. A diferença está em Icardi, melhor finalizador que Firmino e que requer menor investimento de Fifa Coins que o brasileiro.

TRIO DOS SONHOS

O Brasil é bastante valorizado entre os jogadores históricos de Fifa 21, os “Ídolos”. O trio com os melhores jogadores segundo o rating geral é composto pelo “Fenômeno”, rápido, explosivo, com excelentes Finalização (98) e Drible (97) como centroavante; nas pontas, “Mané” e “Bruxo” são excelentes para quebrar a linha de marcação adversária, sem deixar de ter números altos para marcação de gols.

BONS E BARATOS

Se James não tem velocidade, responde com excelentes atributos no passe (principalmente 93 em Cruzamento), drible e finalização, além de Chute de Longe (94). Para compensar a velocidade do companheiro, Sterling é muito rápido, além de grande driblador. Por fim, o centroavante Lewandowski é letal como finalizador.

Ángel Di María tem excelentes números de passe, além de controle de bola, mas peca na finalização. Em baixa no mundo real, Hazard faz bonito em Fifa 21: é rápido e driblador. Sem muita explosão muscular, mas com excelente posicionamento, Suárez deve ser servido por seus companheiros. Uma vez com a bola nos pés, o uruguaio é um finalizador nato.