<
>

Fortnite encontra o futebol! Jogadores poderão vestir uniforme de Santos e Bahia e comemorar como Pelé

O Conjunto Pontapé Inicial chega no dia 23 de janeiro às lojas do jogo Epic Games

A desenvolvedora Epic Games está trazendo uma gigantesca colaboração com o futebol para seu extremamente popular jogo de Battle Royale, Fortnite, permitindo aos fãs jogarem usando o uniforme de clubes ao redor do mundo e usarem um emote usando a icônica comemoração de gol de Pelé.

Fortnite vai lançar o “Conjunto Pontapé Inicial” no dia 23 de janeiro, com uniformes dos times como skins dentro do jogo. A lista de 23 clubes inclui potências mundiais como o tetracampeão da Premier League Manchester City, gigantes italianos como Juventus, Milan e Inter de Milão, franquias da Major League Soccer (MLS) como Seattle Sounders, LAFC e Atlanta United, e times que se estendem ao redor do globo desde América Latina, Europa, Asia e Australia (veja lista completa com os times abaixo).

Os jogadores poderão escolher entre 10 opções diferentes de roupas masculinas e femininas - as quais são compras puramente cosméticas podendo customizar seu personagem dentro do jogo, mas que não oferecem nenhuma vantagem -- que podem ser trocadas pelo uniforme de qualquer clube de futebol na lista.

Nate Nanzer, chefe global de parcerias da Epic Games, comenta que as colaborações com os esportes é uma área em crescimento para o jogo. Através de uma entrevista via Zoom, ele contou à ESPN: “Nós pensamos na evolução de Fortnite e em todas as diferentes integrações de IP que fizemos e trazendo todos esses mundos diferentes para o jogo, acho que fizemos um trabalho incrível em filmes e quadrinhos. Batman joga com Deadpool e Wolverine e Homem de Ferro. Reunimos todos esses mundos incríveis”.

“Nos esportes, nós tivemos uma incrível parceria com a NFL, mas nós não fizemos muito além dessa parceria com eles. Durante o último ano, nós realmente nos focamos em como podemos aumentar nossa presença nos esportes.”

Apesar de nenhum dado ter sido compartilhado publicamente, Nanzer comentou que uma parte significante da base de jogadores de Fortnite (que em grande parte se enquadra na faixa etária de 13 a 24 anos) também são fãs de esportes e que o futebol é frequentemente um dos principais esportes citados para uma presença maior no jogo. Para os clubes, que foram trazidos a bordo com a ajuda da agência IMG, é uma chance de conversar com um grupo demográfico o qual pode ser difícil de atender.

“É um público que é notoriamente difícil de alcançar”, diz Nanzer. “Então eu acredito que essas ligas e times vejam uma oportunidade incrível de ter as experiências de suas marcas e chegar a esse público de uma forma que não seja marketing, mas que na verdade está agregando valor à experiência deles”. A colaboração também contará com o icônico “soco no ar”, comemoração de gol usada pelo brasileiro Pelé, como um emote. Embora comprar esse emote não permita que o jogador jogue como o Pelé dentro de jogo, Nanzer observa que o tricampeão da Copa do Mundo de 80 anos e seu time conhecem bem o Fortnite e estavam “super empolgados. Ele foi um grande parceiro”.

Um emote drible também estará disponível no jogo. Os emotes são o principal meio de se expressar em Fortnite. Eles incluem uma grande variedade de danças e ações, os quais normalmente são danças populares ou memes virais das redes sociais durante seu período de lançamento, como por exemplo o “dab infinito”, que podem ser escolhidas durante o jogo. Eles até mesmo chegaram aos campos de futebol, onde estrelas como Antoine Griezmann, do Barcelona, e Dele Alli, do Tottenham Hotspur, comemoraram gols imitando emotes do Fornite.

Quando perguntado se terão colaborações similares no futuro com estrelas do futebol de hoje em dia, Nanzer revela que é possível. "Definitivamente pode haver coisas para fazermos com os jogadores de futebol atuais no futuro, e acho que, considerando que muitos deles são grandes fãs do Fortnite, pode haver algumas coisas bem divertidas para fazermos no futuro."

Como exemplo, o atacante do Paris Saint-German e do Brazil, Neymar, é conhecido por jogar e amar video games, incluindo o Fortnite, onde ele jogou ao lado de streamers populares como Ninja, CouRage, DrLupo e Timthetatman, no evento de ano novo de Ninja na Times Square em Nova York em 2017. No ano passado, David Beckham se juntou à organização de esports, Guild Esports, como porta-voz e investidor.

Nanzer observou que, como parte dessa colaboração, marcas de esports e jogos também lançarão suas próprias ativações, majoritariamente em forma de campeonatos. Por exemplo, a FaZe Clan, uma das maiores marcas dentro do âmbito de jogos e entretenimento, lançará a “Copa FaZe City” em 21 de janeiro, um torneio aberto que permitirá os duos (equipes de duas pessoas) a competir para garantir acesso antecipado à skin e emotes do Manchester City, enquanto os jogadores no Top 10 ganharão produtos exclusivos do próprio time e da FaZe Clan.

A diretora de marketing do City Football Group, Nuria Tarre, comunicou que "A Copa FaZe City é uma empolgante estreia para o clube em um dos títulos de jogos mais populares do mundo e esperamos que os fãs ao redor do mundo se envolvam na competição e usem seus uniformes do Manchester City dentro do jogo com orgulho".

A FaZe e o Manchester City possuem uma parceria desde 2019, a qual inclui produção de conteúdos com jogadores e produtos em parceria.

Fortnite se provou como uma colaboração altamente lucrativa e bem-sucedida para muitas marcas, atletas e artistas, particularmente dentro de jogo. Em maio, a Epic Games anunciou que o jogo havia chegado a marca de 350 milhões de jogadores cadastrados.

Talvez o evento que mais é apontado como um estudo de caso de sucesso seja a performance musical de Travis Scott dentro do jogo, que foi assistida por aproximadamente 28 milhões de jogadores dentro de jogo, e o vídeo oficial no Youtube do artista atualmente tem 128 milhões de visualizações. De acordo com a Forbes, Scott arrecadou cerca de $20 milhões de dólares com o evento.

Uma revelação de skin recente do jogo apresentando o streamer espanhol David Canovas Martinez, também conhecido como TheGrefg, quebrou o recorde de audiência da plataforma de streaming Twitch, com mais de dois milhões de pessoas assistindo a transmissão para a revelação.

Muitos atletas também streamam Fornite e participaram de competições como o Streamer Bowl, um torneio de caridade de Fortnite que ocorre no Super Bowl. Houveram “pitadas” de esportes no jogo no passado, como a linha Air Jordan em 2019, e a celebração do título da Premier League fo Liverpool sendo imortalizada com o emote “Raise the Cup. No entanto, a única outra grande colaboração dentro do jogo com uma liga esportiva até o momento foi com a NFL, onde os jogadores pode usar os uniformes da liga. A parceria começou em 2018 e uma que Nanzer classifica como “bem-sucedida”.

A chave para o sucesso, de acordo com Nanzer, é fazer parcerias com marcas para fazer uma experiência autêntica. “Não existe marca que seja paga para estar no jogo. É tudo sobre encontrar grandes parceiros que serão colaborativos, e a partir disso podemos fazer algo autêntico que realmente agregue muito valor para os nossos jogadores e para os fãs da marca parceira”.

Nanzer ainda diz que o futebol é uma área de crescimento e que certamente mais está por vir. “Esse é realmente o pontapé que queremos para fazer coisas no futebol, mas também acho que o que vocês verão é um grande ano [Epic Games e Fortnite] em 2021 e 2022, e trazendo mais esportes para o Fortnite”.

Hoje estamos fazendo uniformes. Fizemos alguns modos de jogo de tempo limitado. Acho que verão com o lançamento do conjunto essa semana, que também estamos aproveitando o modo criativo um pouco mais em torno dos lançamentos, e haverá uma experiência legal e criativa que os jogadores podem entrar e jogar. Eu realmente acho que o futuro obviamente poderá trazer mais esportes para o jogo, mas que gameplay legal será associada a isso?”, comenta o chefe de parcerias.

Nanzer ressaltou que as colaborações são profundamente envolvidas e de alto contato, não sendo tomadas como brincadeira. No entanto, se o passado é uma indicação, o céu é o limite. Poderemos ver uma experiência esportiva totalmente única dentro de Fortnite? Talvez para uma final da Champions League, da Copa do Mundo, um show de intervalo do Super Bowl? Poderemos assistir aos jogos dentro do Fortnite?

“Tudo é possível”, observa. “Estamos constantemente tentando surpreender e encantar nossos jogadores e continuar empurrando as experiências dentro e fora de jogo também. Quero dizer, é tecnicamente possível fazer isso hoje em dia. Fizemos muitos experimentos esse ano no Party Royale. Fizemos uma parceria com a ESPN para trazer The Ocho para o Party Royale. Mostramos trailers de filmes. Transmitimos filmes completos. Creio que fizemos 10 shows no ano passado. Acho que a parte essencial da experiência Fortnite e algo que é um grande objetivo para nós e tudo o que fazemos é criar experiências realmente atraentes que, o mais importante, é você vivenciar com seus amigos", finaliza.

Os 23 clubes envolvidos são:

  • Manchester City FC

  • Juventus

  • AC Milan

  • Inter de Milão

  • AS Roma

  • Seattle Sounders FC

  • Atlanta United FC

  • Los Angeles FC

  • Santos FC

  • Wolverhampton Wanderers FC

  • West Ham United FC

  • Sevilla FC

  • Sporting CP

  • Borussia Mönchengladbach

  • FC Schalke 04

  • VFL Wolfsburg

  • Rangers FC

  • Celtic FC

  • Cerezo Osaka

  • Melbourne City FC

  • Sydney FC

  • Western Sydney Wanderers

  • EC Bahia