<
>

Premiação do The International 10 ultrapassa R$ 200 milhões, superando Libertadores e Copa do Brasil

Quando se trata de premiação, o The International, principal evento do calendário competitivo de Dota 2, é referência para todas “modalidades” do esporte eletrônico mundial. Adiado para agosto de 2021, por conta da pandemia do COVID-19, o campeonato ultrapassou recentemente o recorde de premiação total, com 40 milhões de dólares (209 milhões de reais) em disputa entre 18 equipes ao redor do mundo.

Fazendo um paralelo com as copas que fazem parte do calendário sulamericano de futebol, nenhuma competição supera a premiação do The International. Para um efeito comparativo, somamos as maiores premiações em torneios eliminatórios do continente, a Copa do Brasil e a Libertadores da América.

Enquanto o principal torneio de clubes da América Latina premia ao seu vencedor o valor máximo de 22,5 milhões de dólares (118 milhões de reais*), a Copa do Brasil premia o valor máximo de 72 milhões ao seu vencedor.

Vale destacar que para chegar a essa gratificação, o clube deve entrar nas fases preliminares das competições, não sendo o caso dos atuais semifinalistas da Libertadores e os finalistas do torneio nacional.

Somando o “valor máximo” de ambas competições, chegamos ao montante de 190 milhões de reais contra aos 210 milhões de reais do The International 10, marca vista pela primeira vez na história dos esportes eletrônicos.

No ano de 2019, o somatório das competições de futebol, utilizando o valor máximo, chegavam a marca de 152,6 milhões de reais**, superando os 142 milhões** da premiação total do The International.

EXCEÇÃO À REGRA?

Poucos campeonatos chegam perto da premiação gigante do The International, que reinou durante anos como referência no cenário competitivo de esports no quesito de bonificações. Entretanto, o reinado foi ameaçado com a apresentação do primeiro torneio mundial de Fortnite, a World Cup.

Em 2019, a Fortnite World Cup teve a premiação total de 30 milhões de dólares contra os 34 milhões do The Internacional 9. Mesmo com a recompensa menor, as empresas definem a bonificação de maneiras diferentes.

Enquanto a Epic Games, produtora do Fortnite, investe o dinheiro 100% dos cofres da empresa, a Valve usa o sistema de crowdfunding para definir a premiação anual, sempre batendo o recorde do ano anterior e aumentando cada vez mais a gratificação.

DE ONDE VEM O DINHEIRO?

No momento da publicação desta matéria, o contador da premiação do The International 10 passou dos 40 milhões de dólares. A soma vem de 25% das vendas do Passe de Batalha, que garante cosméticos e efeitos especiais dentro do jogo. O item pode ser adquirido por R$57,99.

Um dos mais icônicos proplayers de Dota2, Kingrd foi o capitão da primeira participação brasileira no The International em 2018, e ficou marcado na história do esport brasileiro pelo vice-campeonato da WESG 2017 e a terceira colocação na ESL One Birmingham, falou ao ESPN Esports Brasil sobre a bolada milionária da maior competição internacional no calendário do MOBA.

“A premiação do The International é realmente cobiçada por muitos jogadores e, inclusive, de outras modalidades dos esportes eletrônicos. Além de ser a maior premiação dos esportes eletrônicos, ela remete o engajamento da comunidade de Dota 2 pra estar presente nesse evento que foi criado em 2011 para desbancar jogos da época como Starcraft II, Warcraft 3, Counter-strike 1.6, Quake, entre outros jogos. O evento por si só sempre trouxe, além de belas partidas de Dota 2, eventos, skins e meios de interação dentro do jogo com a comunidade. Logo, uma comunidade mundial ativa em busca de bater recordes, interação e um evento digno de final de Copa do mundo faz o The International ser um evento cobiçado por outras modalidades.”

*Cotação do dólar no dia 04 de janeiro de 2020
**Cotação do dólar em Agosto e Dezembro de 2019