<
>

Team Liquid domina e é campeã da Free Fire Continental Series

play
Chat Aberto: Bruno 'PlayHard' abre as portas da mansão da LOUD (10:31)

O empresário também fala sobre as novidades que chegam em breve na equipe, Thurzin e a possibilidade de entrar em outras categorias dos esports (10:31)

Conhecida como “Libertadores” do Free Fire, o campeonato continental das Américas teve a Team Liquid como sua grande campeã neste sábado (28). Completamente pintado de verde e amarelo, o torneio foi disputado do começo até o fim entre as quatro melhores equipes da LBFF: SS, Team Liquid, paiN e Vivo Keyd.

Mantendo a regularidade durante todas as quedas, a Cavalaria levantou seu primeiro título internacional no Free Fire. A equipe do Santos teve a mesma pontuação do campeão, mas ficou com a vice-colocação nos critérios de desempate.

Nas duas primeiras quedas do dia, a atual campeã da LBFF foi completamente dominante e obteve dois booyah, colocando uma boa vantagem na tabela de classificação. A SS deixou de abrir uma pontuação elástica devido ao número baixo de abates. Mesmo sem a vitória, Team Liquid e Flamengo também se mantinham na busca pela liderança.

Mesmo sem garantir sua primeira vitória, a Team Liquid ainda estava no topo da tabela, subindo para a segunda colocação com o booyah da paiN Gaming em Kalahari. Em Bermuda, a Cavalaria garantiu diversos abates que colocaram a equipe na primeira colocação da competição, de onde não saíram até a última queda da FFCS.

A penúltima queda seria decisiva para todas as equipes que duelavam pelo topo da tabela. Logo no começo, a Team Liquid foi responsável por eliminar todo o time da SS, que no momento ainda disputava a primeira colocação. Se aproveitando de um bom posicionamento e abates importantes, a Cavalaria garantiu o seu primeiro booyah e ficou ainda mais próxima de levantar a taça.

Apesar do jogo anterior, nada estava decidido no torneio. Fazendo uma última queda digna de campeão, o Santos fez 48 pontos e empatou com a Team Liquid na primeira colocação da competição, que foi eliminada logo no começo de Kalahari. Apesar da tentativa, o critério de desempate decidiu e a Cavalaria se consagrou campeã da Free Fire Continental Series.