<
>

YoDa é banido da Twitch no meio de transmissão

play
Entrevista: Jukaah vargas fala como Cruzeiro vai apostar na infra-estrutura para vencer (2:33)

Diretor de esports do Cruzeiro diz que a Raposa vai trazer um novo olhar para o CBLoL (2:33)

Nesta quinta-feira (05), o streamer brasileiro Felipe “YoDa” teve seu canal da Twitch banido. Das três vezes que foi banido, essa é segunda vez no ano que isso acontece no meio de uma de suas transmissões ao vivo sem aviso prévio da plataforma.

Segundo informações divulgadas pelo próprio YoDa, CEO do Grupo SehLoiro, empresa que recebe o nome de um de seus bordões, e um dos maiores streamer brasileiros, o motivo do banimento se deu por conta da nova política de copyright adotada pela plataforma.

Essa nova política vêm gerando uma grande onda de banimentos de streamers e, mesmo adotando medidas para prevenir que isso não aconteça - deletando as gravações de transmissões passadas, por exemplo -, o brasileiro ainda assim teve seu canal desativado.

Após o banimento, o jogador foi ao twitter para comunicar o ocorrido à comunidade e avisar a seus fãs que, independente do banimento, se ausentaria por alguns dias.

Essa é a terceira vez que YoDa tem seu canal banido da plataforma. Em abril deste ano, o streamer recebeu um banimento de 7 dias após proferir a palavra “mongoloide”, proibida pela plataforma.

Já em maio, novamente o streamer foi banido no meio de sua transmissão, dessa vez pelo período de um dia. Até o momento, a duração do banimento mais recente do streamer brasileiro não foi divulgada.