<
>

Análise: Na espera da nova geração, PES 2021 atualiza a temporada anterior - e só

EFootball PES 2021 Season Update ou “Atualização de temporada” é um título bastante adequado para o novo game de futebol da Konami. Trata-se algo que acontece nos últimos anos em simuladores de esportes em geral: temos uma licença a mais aqui, um novo modo ali, mas no geral, trata-se do mesmo jogo lançado no ano anterior, mas com elencos atualizados.

Ao mesmo aqui, a Konami assumiu oficialmente essa condição, já que promete um eFootball PES 2022 feito do zero, movido pela nova geração dos videogames e a engine Unreal Tournament.

PES 2021 é um game já familiar, mas com um desconto em seu preço. Ruim? Não, já que se trata de um sólido jogo que não possui tantas licenças quanto seu concorrente Fifa, mas que oferece muito para quem curte um futebol virtual.

SE VOCÊ JOGOU PES 2020

Jogou Pro Evoluition Soccer nos últimos anos? Então você está bastante familiarizado com que a franquia tem a oferecer. Em relação ao ano passado, PES 2021 tem o mesmo visual (vários jogadores têm novos rostos), estádios (Maracanã caiu fora, infelizmente), menus, controles, modos de jogo, narração de Milton Leite e Mauro Beting - ainda com um número de falas aquém do ideal para não se tornar repetitiva.

A Konami segue a estratégia de parcerias com grandes clubes do futebol mundial (como Barcelona, Juventus e Manchester United), que recebem um tratamento diferenciado no game, para compensar a perda dos últimos anos como Libertadores e Champions League.

O futebol brasileiro é destaque, já que PES conta com Brasileirão (Séries A e B) devidamente licenciados, exceto por um ou outro elenco genérico e o Palmeiras, que não aceitou um acordo de muitos anos com a Konami e “se tornou” São Paulo Barra Funda V, com elenco, escudo e uniformes genéricos. Por outro lado, São Paulo, Flamengo e Corinthians se tornaram parceiros globais do game, com direito a patrocínio na camisa dos times reais.

SE VOCÊ NÃO JOGOU PES 2020

Não jogou PES na última temporada? Saiba que o game tem oferecido uma boa experiência de jogo. O game se tornou mais cadenciado, cerebral e imprevisível, relembrando a gloriosa época do Playstation 2.

O toque de primeira foi melhorado para acompanhar a velocidade do futebol atual, mas a Inteligência Artificial dos avatares ainda é bastante reativa e a resposta do jogo é muito dependente do que o jogador faz. Por exemplo: esse fator atrapalha na movimentação dos seus companheiros ao atacar ou diminuiu a qualidade da marcação do seu time.

Graças a pandemia do novo coronavírus (COVID-19), PES 2021 herda a Euro 2020, que não foi realizada. Todas as seleções e estádios da principal competição de seleções nacionais da Europa é um belo atrativo, assim como modos clássicos como myClub e a incrível Master League.

CADA CASO É UM CASO

Sendo assim, se você é fã de carteirinha da franquia, vai comprar (se já não comprou) e não vai se arrepender, já que sabe muito bem o que o game reserva.

Se você não é tão aficionado e tem PES 2020, o game oferece ferramentas de edição suficientes para manter se manter atualizado e ter que comprar o lançamento. Por fim, se você não joga há um tempo, trata-se de uma boa forma de voltar à ativa, já que o game está mais barato que o normal e você já se prepara para um prometido PES feito do zero na temporada 2022.

PES 2021 está disponível para Playstation 4 e Xbox One na edição Standard por R$ 179,90. As versões especiais de Barcelona, Arsenal, Manchester United, Juventus ou Bayern de Munique custam R$ 199,90. No PC, o game sai de R$ 99,90 (Standard) a R$ 119,90 (Clubes)