<
>

CSGO: Major no Brasil é cancelado, mas país ainda sediará mundial

play
Guerri critica 'Fla-Flu' das torcidas na rivalidade entre FURIA e MIBR pelo CSGO: 'É muito agressivo' (4:41)

Técnico da FURIA avalia excessos que partem dos torcedores, mas vê comunidade amadurecendo (4:41)

Agora é oficial: o Brasil não receberá mais o Major de Counter-Strike: Global Offensive. Pelo menos em 2020.

Em comunicado realizado nesta quarta-feira (9), as organizadoras do evento, ESL e Valve, confirmaram o cancelamento do mundial neste ano, mas informaram que o país ainda sediará o torneio quando a crise sanitária por conta do novo coronavírus (COVID-19) for resolvida.

Até então, o ESL One Rio estava previsto para novembro, com sede no Parque Olímpico do Rio de Janeiro.

O mundial já havia sofrido um adiamento por conta da pandemia e, nos últimos meses, as expectativas foram diminuindo por conta do quadro que o Brasil vive em meio às medidas adotadas para combater o coronavírus.

Em comunicado, ESL e Valve se disseram "comprometidas em retornar com o major para o Brasil quando for seguro de se fazer".

E OS INGRESSOS?

Ainda conforme explicado pelas organizadoras do ESL One Rio, os ingressos comprados para o evento permanecerão valendo para o evento futuro. Não há, no entanto, nenhuma data definida.

Para o público que não quiser aguardar pelas novas informações, será possível solicitar o reembolso.

PONTOS RMR

Outro ponto que ganha atenção é sobre o classificatório para o ESL One Rio. Tanto ESL como Valve reformularam o calendário de 2020 por conta da pandemia para adotar um sistema único de classificação, os chamados Regional Major Ranking (RMR).

Cada região competitiva de CSGO disputaria uma série de torneios na qual as equipes iam somando pontos a serem convertidos para esse ranking regional. Os melhores classificados avançariam para o Major no Rio, formando os 24 participantes do mundial.

Ainda segundo a nota oficial, o ESL One New York seguirá distribuindo pontos RMR. Para a região sul-americana, que tem a BOOM como maior pontuadora até o momento, o calendário prevê a disputa do Tribo to Major - evento organizado por Gaules.