<
>

Madden 21: Melhores jogadores, novatos, equipes, 'clube dos 99' e muito mais

play
NFL: Odell mostra habilidade de sempre e faz recepção absurda com uma mão só em treino dos Browns (0:19)

Times da NFL já começaram treinos para temporada de 2020 (0:19)

De certa forma, trata-se do fim de uma era e o início de outra. Madden 21 começa sua tenporada no PlayStation 4, PC e Xbox One. Na sequência, será um dos primeiros jogos a aparecer na próxima geração do videogames, composta por PlayStation 5 e Xbox Series X. O jogo será lançado ao público em geral na próxima sexta-feira (28), sendo que quem comprou as versões especiais, tem direito a um acesso antecipado.

Tudo isso significa que, potencialmente em 2021, pode haver grandes mudanças em Madden 21. No entanto, o game para a geração atual possui elementos novos quando for oficialmente lançado no final desta semana.

O "controle de habilidade" permitirá comandos mais dinâmico dos jogadores e seus movimentos, com cortes mais nítidos. Um novo modo Carreira, chamado "Race of the Franchise: Rise to Fame," no coloca na pele de novato que deseja alcançar a NFL e substitui o enredo baseado na vida de um Quarterback do ano passado. O jogo também está adicionando uma nova maneira de se jogar futebol americano, chamado "The Yard".

Elementos importantes também estão no novo jogo, como o segundo ano dos Superstars e X-factors, além de modos de longa data, como Franchise e Ultimate Team. Porém, a essência de Madden está nos jogadores e como são avaliados. Preparamos então um guia para você começar com tudo na temporada de Madden 21:

JOGADORES DE DESTAQUE

Clube dos 99

Curiosidades: Donald é uma força da natureza. O futuro Hall da Fama recebeu rating de 99 pontos pela quarta vez na franquia e está acompanhado por um monte de novos rostos. Mahomes se torna o primeiro Quarterback que não se chama Aaron Rodgers, Tom Brady ou Drew Brees a receber um rating máximo na abertura da temporada desde Peyton Manning em Madden 11. McCaffrey e Thomas já tinham 99 na última atualização de Madden 20 e Gilmore é o melhor Cornerback do jogo.

Dentre os Linebackers de 99, a posição não é representada como no clube pela primeira vez desde Madden 16 - terminando um período de destaque de Luke Kuechly, Von Miller e Bobby Wagner, que receberam a classificação máxima por pelo menos uma temporada. Já entre aqueles que receberam os menores ratings reinam os Long-snappers - listados como Tight ends - como Zach Triner (23) do Tampa Bay Buccaneers, Luke Rhodes (24) do Indianapolis Colts, Trent Sieg (24) do Las Vegas Raiders e Matt Orzech (25) do Jacksonville Jaguars.


Novatos de destaque

Veja a lista dos 10 novatos com melhor rating de Madden 21:

Curiosidades: A princípio, os novatos não têm muito destaque. Chase Young, com 80 de rating, iguala o que o jogo fez no ano passado com Quinnen Williams, e há uma razão pela qual os novatos ainda não têm números expressivos. A estratégia dos definidores das classificações do jogo é fazer com que os novatos evoluam. A EA não têm nenhum problema em turbinar um novato rapidamente se ele jogar bem. Por exemplo, o Running back de Las Vegas, Josh Jacobs, começou a temporada passada com 74. Nesta temporada, ele começará o ano com 88. Defensive Nick Bosa tinha 78 de rating no ano passado. Este ano? Já está com 89.

No que diz respeito ao grupo deste ano, não é surpreendente ver Herbert como o pior classificado no top 10. Parte disso tem a ver com a posição em campo e ser muito mais difícil entrar como Quarterback na liga e ter sucesso. Burrow está empatado com Jared Goff e Jameis Winston, Tagovailoa com Sam Darnold e Herbert com Drew Lock, Dwayne Haskins e Gardner Minshew II.

Leva tempo para progredir como Quarterback - Kyler Murray é um 77 no começo desta temporada, por exemplo - mas quando você sobe um nível, isso transparece no jogo. O mesmo com os Cornerbacks, que é o motivo pelo qual, apesar dos elogios que Okudah recebeu, ele ainda seja um 76, no mesmo no nível de um D.J. Hayden, Josh Norman e Charvarius Ward. Ele terá uma chance de subir rapidamente se conseguir parar os recebedores adversários.


Mais rápido, por favor

Curiosidades: É uma surpresa para alguém que Hill tenha uma velocidade de 99? Não, ainda mais um homem apelidado de "Leopardo". A adição mais interessante à lista dos mais rápidos é o novato Ruggs. Não há dúvidas de sua velocidade do jogador vindo da universidade do Alabama, que correu 40 jardas em 4,27 segundos. É o segundo ano consecutivo em que um novato fica em segundo em velocidade - no ano passado foi Brown, que tinha (e continua tendo) um 97.

Os Chiefs, como você deve imaginar, terão um ataque rápido, sendo que Mahomes arremessará para Hill e Hardman. Se você gosta de rotas “go”, que precisam de jogadores velozes e explosivos, Kansas City pode ser a equipe ideal.

Mais uma vez, o Right Tackle de Baltimore, Orlando Brown Jr., é o jogador mais lento do jogo, com uma pontuação de 50. Ele tem a companhia de alguns jogadores da linha ofensiva e um jogador defensivo, Danny Shelton, do Detroit Lions. Quanto aos que não jogam nas trincheiras, Tom Brady pode ser bom em muitas coisas, mas a velocidade não é uma delas. Ele e o chutador do Green Bay Packers, Mason Crosby, têm a “incrível” velocidade de 60.


Os mais e menos conscientes

Mais conscientes: Donald, Thomas, Gilmore, J.J. Watt (DE; Houston Texans), Julio Jones (WR; Atlanta Falcons), Quenton Nelson (OG; Indianapolis Colts), Richard Sherman (CB; San Francisco 49ers), todos com 99.

Menos conscientes: Jonathan Woodard (RE; Buffalo Bills) com 43 e Beau Brinkley (TE; Tennessee Titans) com 44.

O que isso realmente significa: Vamos ser francos, isso não significa nada na vida real, mas ajuda Madden 21 a decidir com que frequência um jogador está no lugar certo. Todos os que possuem 99 de atenção têm um talento especial para quase sempre estar exatamente onde deveriam estar. Watt, Donald e Sherman mantém os 99 pontos do ano passado, mas os avaliadores do Madden diminuíram de 13 jogadores com 99 para sete. E alguns desses jogadores - principalmente os novatos Thomas e Nelson - devem permanecer aqui por muito tempo.


Fortes X Fracos

Fortes: Donald com 99; Linval Joseph (DT; Los Angeles Chargers), Matthew Ioannidis (DT; Washington Football Team) com 98; J.J. Watt, Quenton Nelson, Ndamukong Suh (DT; Tampa Bay Buccaneers), Vita Vea (DT, Tampa Bay Buccaneers) com 97.

Fracos: Robbie Gould (K; San Francisco 49ers) com 25; Aldrick Rosas (K; New York Giants) com 30.

Todos saudam Donald: Donald, para surpresa de ninguém que o viu pessoalmente, continua sendo o jogador mais forte do Madden. Os Bucs continuam sendo uma linha defensiva com a qual você não quer mexer, com Suh e Vea avaliados em 97 (uma queda de um ponto para Suh em relação a última temporada).

Ioannidis é o único recém-chegado entre os caras mais fortes, e considerando que ele tem apenas 26 anos, pode ficar neste por um bom tempo. Gould assume como o jogador mais fraco do jogo - a era de Phil Dawson acabou - seguido novamente por Aldrick Rosas. O recebedor do 49ers, Travis Benjamin, mais uma vez é o não-kicker ou punter mais fraco do jogo e o único não-kicker ou punter abaixo de 40 pontos com uma pontuação de 38.


Força no braço

Mais fortes: Josh Allen (QB; Buffalo Bills) com 99; Mahomes com 97; Aaron Rodgers (QB; Green Bay Packers) e Matthew Stafford QB (Detroit Lions) com 94.

Mais fracos: Logan Woodside (Tennessee Titans) com 75; Garrett Gilbert (Cleveland Browns) com 76; Matt Schaub (Atlanta Falcons) e Ryan Griffin (Tampa Bay Buccaneers) com 77.

Curiosidades: Essas classificações permaneceram praticamente as mesmas - menos Tyree Jackson e seu poder de arremesso em 95 da última temporada. Faz sentido pela força de seu braço, mas atualmente ele está fora da liga e do jogo. Mahomes conseguiu um aumento de um ponto, mas lembre-se de que qualquer coisa acima de 90 é muito, muito bom aqui. Vinte Quarterbacks têm potência de 90 ou mais no lançamento.

A parte inferior das classificações de poder de lançamento para QBs este ano é melhor do que na temporada passada, na qual Logan Woodside e sua classificação de 75 - inalterada em relação ao ano passado. Matt Schaub na verdade melhorou quatro pontos em relação a uma temporada atrás.


Mãos de ferro e mãos de ‘alface’

Melhores: Thomas (99); DeAndre Hopkins (WR; Arizona Cardinals) e George Kittle (TE; San Francisco 49ers) com 98; Austin Hooper (TE; Cleveland Browns) e Chris Godwin (WR; Tampa Bay Buccaneers) com 97.

Piores: Ben Bredeson (G; Baltimore Ravens), Bradley Bozeman (G; Baltimore Ravens) e Wes Schweitzer (G; Washington Football Team) com 12; Jamil Demby (G; Los Angeles Rams) com 13.

Curiosidades: Se você está procurando uma futura estrela neste jogo - e na vida real - Chris Godwin é o nome. Ele tem 24 anos e deve ascender tanto na NFL quanto no mundo virtual de Madden. Ter Tom Brady no seu time pode ajudar muito. Suas mãos, porém, já estão prontas. O resto da equipe não é uma surpresa, com destaque para Thomas e Hopkins. Já os Ravens têm alguns jogadores com “mãos de alface”.


Cobertura individual ou por zona?

Individual: Gilmore com 99; Jalen Ramsey (CB; Los Angeles Rams) com 95; Jaire Alexander (CB; Green Bay Packers) com 93; Casey Hayward Jr. (Los Angeles Chargers; 92); Tre'Davious White (CB; Buffalo Bills) com 91.

Zona: Sherman com 98; Gilmore com 97; Ramsey com 9; Eddie Jackson (S; Chicago Bears (https://www.espn.com.br/nfl/time/_/nome/chi/chicago-bears) com 94; Devin McCourty (S; New England Patriots) e Kevin Byard (S; Tennessee Titans) com 93.

Curiosidades: Você gosta de jogar mais no “Cover 2” ou “Cover 2 Man”? Qual você prefere? Se você está procurando por cornerbacks de elite, Gilmore (99) ou Ramsey (95) são bons na marcação individual. Já Sherman continua a ser um jogador de elite na defesa por zona.

OS MELHORES E OS PIORES TIMES DE MADDEN 21

Rating geral

Melhores: New Orleans Saints com 93; San Francisco 49ers com 89; Kansas City Chiefs com 88.

Piores: Washington Football Team com 74; Jacksonville Jaguars com 74; Cincinnati Bengals e New York Jets com 75.

Curiosidades: Sem surpresas aqui, a menos que você ache que New Orleans não deveria ser o melhor time do jogo. Basta ver o ataque poderoso dos Saints liderado por Brees e Thomas, junto com uma defesa capitaneada pelo extraordinário Cameron Jordan. É fácil ver por que os Saints estão recebendo tanta atenção.

A defesa de Kansas City é a principal preocupação, mesmo com Tyrann Mathieu e Chris Jones, derrubando o campeão do último Super Bowl para a terceira posição. San Francisco continua a ter muito equilíbrio e uma defesa potencialmente dominante.

Quanto aos piores times, a situação do Quarterback de Washington está em questão e o clube está em uma grande reconstrução com um novo treinador. O nível de talento de Jacksonville não é ótimo. Cincinnati pode ser melhor com o passar da temporada, mas os Bengals teve a escolha número 1 no ano passado por um motivo. E os Jets são uma equipe destituída de talento após a troca de Jamal Adams para Seattle Seahawks.

Ataque

Melhores: New Orleans Saints com 96; Kansas City Chiefs com 92; Baltimore Ravens e Green Bay Packers com 89.

Piores: Washington Football Team com 66; New York Jets, Denver Broncos e Miami Dolphins com 69.

Curiosidades: Não é nada bom se a classificação geral do seu ataque for inferior a 70. Apenas um time (Miami) teve isso há uma temporada. Os Dolphins não melhoraram no jogo, mas há esperança para o futuro com Tua Tagovailoa no plantel. Mas os novatos em Madden precisam provar isso e, até que o faça, a classificação permanecerá.

O ataque de Washington é questionável, exceto por Terry McLaurin. Denver tem potencial: Drew Lock ainda é muito jovem, mas a combinação de Jerry Jeudy e Courtland Sutton pode impressionar. Por que estamos falando dos piores? Principalmente porque há pouco a dizer sobre o melhores.

Os Saints são incrivelmente potentes e já foram mencionados. Os Chiefs têm tanta velocidade e habilidade que são quase injustos de se jogar. Lamar Jackson é o atleta da capa de Madden 21 e os Ravens têm velocidade e talento no ataque com Mark Andrews, Marquise Brown e muito mais. E os Packers, que pode ser a indicação mais curiosa, ainda têm Rodgers.

Defesa

Melhores: Chicago Bears com 88; San Francisco 49ers com 87; Baltimore Ravens e New Orleans Saints com 86.

Piores: Jacksonville Jaguars, Carolina Panthers e Atlanta Falcons com 72.

Curiosidades: Os Bears, mesmo em um ano um ruim, ainda têm uma defesa formidável. Khalil Mack continua sendo um dos melhores pass-rushers da NFL e Akiem Hicks é um problema no meio para os adversário. Eddie Jackson é um dos principais Safeties do jogo. Os 49ers chegou ao Super Bowl do ano passado em grande parte devido à sua unidade defensiva liderada por Nick Bosa, Arik Armstead e Sherman.

O talento dos Jaguars é questionável, exceto pelo novato K'Lavon Chaisson e dos Linebackers Josh Allen e Myles Jack. Problemas semelhantes acontecem nos Panthers, exceto por Kawann Short, Brian Burns e Derrick Brown.

Texto originalmente publicado em ESPN Esports.