<
>

Análise: Fiel ao esporte, PGA Tour 2K21 é o melhor simulador de golfe da história

A 2K finalmente resolveu colocar seu nome em um jogo de golfe. Depois de um namoro que deu certo em 2018, quando a empresa distribuiu The Golf Club™ 2019, título produzido pela HB Studios, o casamento finalmente saiu este ano.

PGA Tour 2G21 junta a experiência da 2K adquirida no mercado nos últimos anos com a qualidade da empresa canadense em produzir jogos esportivos desde os anos 2000. O resultado é um game definitivo de golfe, que junta campeonatos e jogadores licenciados, algo que sempre faz falta no mercado. O número 2 do mundo no esporte, Justin Thomas, estampa a capa do jogo e se junta a outras 11 estrelas, como Tony Finau, Sergio Garcia, Kevin Kisner e Billy Horschel.

Ao todo são 15 campos do PGA Tour licenciados, cada um seguindo fielmente os fairways, lagos, bancas e greens. O jogo também permite criar o seu próprio campo de golfe e a possibilidade de compartilhar com os outros gamers, algo que aumenta em muito seu fator “replay”.

É possível participar de torneios de preparação ao PGA Tour para saber se o seu nível está próximo dos vencedores. Desta forma, não é preciso passar pela vergonha dos boggies. A cada etapa concluída, seja numa volta de 18 buracos ou no final de um torneio, são acumulados pontos para que seja possível personalizar seu jogador com roupas e acessórios. Ainda existe a possibilidade de assinar contratos com patrocinadores para que você possa ganhar um bom dinheiro no modo Carreira.

’HOLE IN ONE’

Convenhamos que a HB Studios já havia feito um bom trabalho em The Golf Club™ 2019. Bastava um retoque aqui, um detalhe a mais ali, um refino na jogabilidade e na usabilidade dos comandos e estaria tudo certo.

PGA Tour 2G21 possui gráficos belíssimos e conseguiu polir ainda mais o belo trabalho feito no game de 2019. A jogabilidade segue 3 fatores primordiais, todos eles ligados ao swing do jogador. O primeiro, refere-se à potência da tacada. O segundo, a um movimento horizontal preciso e, o terceiro, a velocidade implementada no disparo. Todos eles podem ser executados por um mouse ou pelo analógico direito, caso você jogue no PC.

Os dois primeiros atributos são mais maleáveis e fáceis de serem feitos com êxito. Já, o terceiro, que se refere a velocidade do swing, possui uma linha tênue entre o acerto e o erro. Dentro deste quesito você ainda encontra 5 parâmetros: muito rápido, rápido, perfeito, lento e muito lento. Caso o movimento não seja perfeito prepare-se para rebater a tacada bem longe do Fairway. Por sorte todos estes quesitos são editáveis, podendo facilitar a vida na hora do swing, mas isto fará com que o jogador adquira menos pontos de experiência após sua volta no campo.

Se todas as características acima já fariam de PGA Tour 2k21 o melhor jogo de golfe da história, agora vem a verdadeira cereja deste bolo. O modo Carreira traz uma imersão que somente quem acompanha golfe, na TV, vai perceber. Com animações na medida certa e cortes de câmera para ver replays de seus adversários em outras partes do campo, o título consegue ser fiel as grandes transmissões que ocorrem no mundo. Tudo isto cria uma imersão jamais vista em um game de golfe e fará você relaxar por horas.

PGA Tour 2k21 chega neste dia 21 de setembro para PlayStation 4, Nintendo Switch, Xbox One, Google Stadia e PC.