<
>

Instituto de YoDa entrega equipamentos de proteção e máscaras durante pandemia

Após a disputa do clássico beneficente entre Brasil e Argentina no League of Legends promovido durante o mês de maio, o Instituto YoGamers do Bem, do streamer YoDa, usou o dinheiro arrecadado para ajudar cerca de 2,5 mil profissionais de saúde no Brasil.

A partida que contou com times comandados por YoDa e Coscu teve mais de 100 mil espectadores, de noves países diferentes, com o objetivo de levantar fundos para o combate ao novo coronavírus (COVID-19).

O desafio solidário, feito em parceria com a HyperX, teve os valores arrecadados revertidos para a produção de Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs), que já foram encaminhados nas últimas semanas para UBS’s, UPA’s e Hospitais de Campanha da região do ABCD, Guarulhos e Guarujá, além da capital paulista.

Além disso, 1 mil máscaras de proteção facial foram adquiridas via donates das lives do YoDa - e que serão entregues, no início de julho, para famílias da comunidade Caboré, na Zona Leste de São Paulo, por meio do Grupo Mulheres do Brasil.

"Me sinto privilegiado, pois meu trabalho não foi afetado com a quarentena e com esse momento tão delicado que o mundo está passando. Vendo tantas pessoas em dificuldade, o minimo que eu devo fazer é trabalhar e ajudar quem mais precisa de apoio. Meu sentimento é de felicidade, responsabilidade e de solidariedade", afirmou YoDa em comunicado oficial.

Após as primeiras doações realizadas, a campanha #GamersEmCasa continua nos meses de junho e julho, para arrecadação de alimentos para as famílias dos alunos do projeto YoGamers do Bem no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (alunos formados em 2019 e alunos selecionados em 2020).

A nova etapa da campanha conta com a participação da Fundação Cultural Chico Xavier (FCCX) e do BH Airport, que também terá arrecadação de alimentos. Neste ano, a HyperX anunciou sua parceria com o projeto YoGamers do Bem.