<
>

Blizzard anuncia novidades para o competitivo de Hearthstone, Starcraft II e Warcraft III

Starcraft II. Activision Blizzard

A Blizzard Entertainment anunciou, nesta terça-feira (7), uma parceria com a ESL e a Dreamhack pelos próximos três anos para a realização de torneios profissionais de Hearthstone, Starcraft II e Warcraft III: Reforged.

“Esta parceria é um grande passo para o esport de Starcraft II e cria uma nova cena animadora em torno de Warcraft III: Reforged”, disse Pete Vlastelica, Presidente e CEO da Activision Blizzard Esports. “Estamos profundamente comprometidos a trazer o melhor do entretenimento competitivo aos fãs e jogadores de todo o mundo, e estamos felizes em expandir nossa colaboração com a ESL e a Dreamhack para isso”.

A nova ESL Pro Tour de Starcraft II vai incluir torneios em pelo menos quatro continentes diferentes, e as finais globais vão ser transferidas da Blizzcon para a Intel Extreme Masters Championship em Katowice, Polônia. A ESL também vai montar um novo formato competitivo para Warcraft III: Reforged.

A primeira temporada da Starcraft II Pro Tour terá sete torneios, incluindo Katowice 2020 e 2021. Duas competições da Intel Extreme Masters e quatro eventos da Dreamhack vão pavimentar o caminho para o Master Championship na IEM Katowice 2021.

“Estamos muito honrados em estabelecer uma nova casa para os fãs de esports de RTS e por sermos responsáveis por dois dos mais prestigiosos títulos de esports de todos os tempos”, afirmou Sebastian Weishaar, CPO da ESL. “A ESL e a Dreamhack estão profundamente ligadas aos esports dos jogos da Blizzard e construíram ecossistemas ao redor deles há anos. Ligar Starcraft II e Warcraft III às narrativas da ESL Pro Tour é nossa contribuição para essas comunidades apaixonadas e dará aos dois títulos uma plataforma promissora para que continuem a escrever a história dos esports”

O Hearthstone Masters Tour vai dobrar seu número de eventos de três para seis, com competições em Arlington (Texas, EUA), Bali (Indonésia), Jönköping (Suécia), Montreal (Canadá) e em outras duas cidades — uma na região Ásia-Pacífico e outra na Espanha. Estes dois últimos eventos terão sua localização exata revelada no decorrer do ano.

Todos os seis eventos do Masters Tour terão uma premiação de pelo menos 250 mil dólares, com opção de financiamento público adicional.

O Grandmasters Tour vai retornar para mais duas temporadas em 2020 com uma pequena mudança de formato, que verá os 16 jogadores das três principais regiões (Ásia-Pacífico, Américas e Europa) competindo em um “todos contra todos” nas primeiras quatro semanas por pontos de colocação.

Esses pontos serão utilizados para dividi-los em dois grupos nas últimas três semanas, quando enfrentarão os adversários da mesma divisão — também em formato todos contra todos. A fase eliminatória acontecerá na última semana da competição.

* Texto publicado originalmente em inglês em ESPN Esports.