<
>

LoL: Após três anos, Ayel negocia retorno a Red Canids

Ayel jogou pela paiN Gaming na temporada 2019 Riot Games Brasil

Um dos primeiros jogadores a vestir a camisa da Red Canids Kalunga no League of Legends, o Ayel poderá voltar a integrar a matilha na próxima temporada. O ESPN Esports Brasil apurou que a Matilha está negociando com a paiN Gaming para reaver o topo. A informação também foi noticiada pelo SporTV.

Ayel vem defendendo a paiN desde maio de 2018, quando foi contratado para ocupar a vaga deixada por Takeshi. Contudo, depois de um ano, o jogador perdeu a unanimidade na rota do topo por conta da chegada de Yang. Na segunda etapa do CBLoL 2019, o topo esteve presente em nove das 21 séries disputadas pela equipe durante a Fase de Classificação.

A primeira passagem de Ayel pela Red Canids aconteceu de dezembro de 2015 a agosto do ano seguinte. O topo fez parte da primeira formação da organização, que ingressou na modalidade em dezembro de 2015 após adquirir tanto a vaga para a primeira etapa do CBLoL 2016, quanto o elenco da INTZ Red.

A mudança de INTZ Red para Red Canids se transformou numa das maiores polêmicas do cenário nacional, após o MyCNB e o Omelete revelarem a relação de parentesco entre as duas organizações. Descobriu-se que os proprietários da Red Canids, antes mantidos em sigilo, eram a namorada de Lucas Simon (CEO do INTZ), Dinara Guzairova, e Luan Rodrigo Florencio de Almeida, filho de Rogério "Formiga", o outro dono da organização.

O caso resultou na suspensão por um ano dos quatros envolvidos e na venda da Red Canids, que foi adquirida em janeiro de 2016 por Felippe Corradini, empresário que era dono do evento Brasil Mega Arena (BRMA).

Atualmente a Red Canids se encontra no Circuito Desafiante. Para a segunda etapa deste ano da 2ª divisão a equipe inscreveu dois topos: LEP e Guigo. No torneio, a Matilha chegou até a semifinal, na qual foi derrotada para a ProGaming por 3 a 0.

A reportagem do ESPN Esports Brasil entrou em contato com a paiN Gaming, que afirmou que não há negociações em curso. A Red Canids não respondeu à solicitação até o momento.