<
>

Após dois anos fora do competitivo, Kami voltará a atuar pela paiN

Gabriel "Kami" Bohm Santos voltou ao CBLoL Arquivo Pessoal/Instagram

Um dos maiores ídolos do cenário competitivo de League of Legends no Brasil, Gabriel Bohm, mais conhecido como Kami, voltará a jogar profissionalmente. O anúncio foi realizado nesta sexta-feira (6) pela equipe em um comunicado aos torcedores.

O anúncio traz mensagens sobre como o mid laner mostrou que é importante "ser você mesmo", que é possível "sonhar com o mundo" e que "talento sem dedicação não vale nada". A imagem termina com um "ele só está começando".

A novidade também foi acompanhada de um vídeo da Gilette sobre a volta de Kami a Summoner's Rift. Nele, há uma mensagem da longevidade da carreira de Kami e do tempo em que ele ficou afastado do competitivo.

Nenhum dos anúncios revela em qual torneio o jogador voltará a jogar, mas é esperado que Kami retorne já na Superliga, torneio organizado pela ABCDE em parceria com a BBL.

A última partida no cenário competitivo foi há exatos 2 anos, justamente na grande final do CBLoL de 2017, na disputa contra a Team oNe. Na ocasião, a paiN deixou os palcos sem o troféu diante de mais 10 mil pessoas que lotaram o Mineirinho, em Belo Horizonte, MG.

O retorno de Kami não significa a saída de Tinowns, atual mid laner da paiN. Em resposta à tentativa de contato do ESPN Esports Brasil, a organização informou que Thiago Sartori continuará na equipe dividindo e disputando a posição. O ESPN Esports Brasil consultou o banco de dados de contratos das ligas regionais da Riot Games e constatou que o contrato de Tinowns com a paiN tem duração até 19 de novembro de 2020.

Por sua vez, Tinowns está preparando uma viagem para a Coreia do Sul, na qual vai dedicar seu tempo a melhorar suas mecânicas, conforme o próprio jogador divulgou em suas redes sociais.

O RETORNO DO REI

Apesar de ter apenas 23 anos de idade, Kami é um dos jogadores da “velha guarda” do CBLoL. Atuante desde 2012, o jogador não teve muitas experiências fora da paiN. Atualmente, sua página no Facebook conta com mais de 610 mil fãs, e no Twitter são mais de 500 mil seguidores. Kami deixou os palcos do CBLoL em janeiro de 2018. Na ocasião, foi divulgado que Kami continuaria a atuar como membro da comissão técnica e estaria disponível para auxiliar TinOwns no preparo das partidas.

O meio foi um dos primeiros a competir no League of Legends, quando o Brasil ainda não possuía nem servidor e os jogadores tinham que atuar no norte-americano. Estreando pela exP Games, Kami ingressou na paiN no início de 2012 após o clube contratar a formação que vinha defendendo a organização gerenciada pelo narrador Toboco.

Dentre todos os jogadores que já defendendo a paiN em Summoner’s Rift, Kami foi o único que nunca deixou a organização nesses últimos cinco anos. Foram muitos títulos importantes, como as edições 2013 e 2015 do CBLoL, e participações em grandes torneios internacionais: a Final Mundial da sétima temporada da Intel Extreme Masters, o Campeonato Mundial de 2015 e entre outros.