<
>

Fortnite recebe uniformes dos times do Super Bowl LIII e suporte a controles na versão mobile

Itens estarão disponíveis por tempo limitado Divulgação/Epic Games

Fortnite, o battle royale da Epic Games, trará de volta skins temáticas da NFL. Na semana do Super Bowl LIII entre Los Angeles Rams e New England Patriots, que jogarão no dia 03 de fevereiro, os uniformes dos finalistas estarão disponíveis no game por tempo limitado.

Sucesso na temporada regular em 2018, apesar do pouco tempo a disposição dos jogadores, os uniformes de Rams e Patriots estarão disponíveis a partir de 01 de fevereiro, mas ainda sem uma data certa para deixar o game. Fortnite recebe também o modo NFL Rumble Limited Time Mode, no qual dois times de 20 jogadores se enfrentam com os uniformes dos finalistas da NFL.

Os canais ESPN transmitem com exclusividade o verdadeiro Super Bowl LIII no próximo domingo, dia 03 de fevereiro, a partir das 21:00 (horário de Brasília), diretamente de Atlanta, Geórgia.

MAIOR CONTROLE

Uma atualização nesta terça-feira (29) adicionou algo muito pedido pelos jogadores da versão mobile de Fortnite. Agora, o game para smartphones e tablets pode ser jogado com com um controle externo. Para a versão de iOS, o controle requer a certificação MFi para funcionar. Já para Android, basta o assessório trabalhar com a conexão Bluetooth.

"LAVANDERIA" ONLINE

Graças ao montante de dinheiro que Fortnite tem movimentado, na casa dos 3 bilhões de dólares em 2018, o jogo acabou se tornando alvo de criminosos virtuais. Segundo reportagem do periódico britânico The Independent, a unidade monetária do game, a V-bucks, está sendo usada para lavar dinheiro real.

Os criminosos usam cartões de créditos roubados e compram itens em Fortnite para comercializá-los posteriormente em sites como eBay ou no mercado negro. Assim, V-bucks são convertidos em dinheiro real usado nas transações com preços mais atrativos que a média.

O relatório da empresa especializada em segurança virtual Sixgill, usada como base na reportagem do The Independent, aponta que a Epic Games ainda não tem a dimensão exata do alcance da modalidade ilícita ou mesmo quais medidas tomará para frear a ação dos criminosos.