<
>

Menos torneios e mais pontos: Entenda as principais mudanças do novo Dota Pro Circuit

O Aegis, cobiçado troféu do The International de Dota 2 Reprodução/Valve

Sentindo falta do The International 2018? Então pode respirar aliviado, porque o caminho para o próximo Mundial de Dota 2 começa nesta semana com a temporada 2018-2019 do Dota Pro Circuit.

O sistema instaurado pela Valve após o TI7 consiste em uma série de minors e majors com “benção” da empresa para distribuir pontos e definir os times que serão convidados diretamente para o Mundial.

Depois de uma temporada 2017-2018 caótica com 22 torneios e milhares de qualificatórias, a Valve decidiu realizar algumas mudanças no sistema. Entenda abaixo as principais para se preparar para a nova leva de torneios de Dota 2.

Menos torneios

A primeira coisa que chama a atenção no novo DPC é a diminuição significativa de torneios. Ao invés dos 22 realizados anteriormente, esta temporada terá somente 10 - sendo 5 minors e 5 majors.

Os minors e majors serão realizados em pares, e as equipes que participarem de um não poderão participar do outro (com uma única exceção). O sistema funcionará da seguinte forma:

Primeiro são realizadas as qualificatórias do major. Os times que não se classificarem poderão disputar as qualificatórias do minor, realizadas em seguida. Então, o minor é disputado primeiro, e a equipe vencedora garante uma vaga no major realizado logo em seguida. Repete.

Apesar de nem todos os torneios terem organizador e local confirmados, as datas já estão definidas pela Valve. Confira aqui.

O primeiro major foi revelado na última semana e será em Kuala Lumpur, com organização da PGL. As qualificatórias abertas para o major começam nesta segunda (10), enquanto as fechadas serão disputadas a partir de 16 de setembro.

Convites e qualificatórias

Na última temporada, as equipes que se destacaram no passado e estavam se destacando no DPC recebiam convites diretos tanto para os minors quanto para os majors. Nesta temporada, essa história acabou.

Nenhum dos torneios terá convites diretos para as equipes e todas precisarão passar pelas qualificatórias regionais - com exceção da equipe que vencer o minor, que é garantida automaticamente no major seguinte.

Além disso, a Valve estipulou regras quanto ao número de participantes e qualificatórias regionais de cada torneio. Os minors deverão ter oito equipes competidoras, com pelo menos uma qualificatória para cada região. Já os majors deverão ter 16 equipes competidoras, sendo uma a vencedora do minor precedente e duas de cada região via qualificatórias.

Isso significa que, em majors, teremos pelo menos duas equipes da América do Sul garantidas na competição. E quem sabe três, caso uma vença o minor.

Vale notar, também, que os torneios estão liberados a convidar equipes para as qualificatórias regionais fechadas. No entanto, precisam disponibilizar vagas para equipes vindas de qualificatórias abertas.

Escalações e pontuações

Após reclamações de jogadores e organizações, a Valve reviu a questão de mudanças de escalação para temporada 2018-2019 do DPC.

As equipes agora podem registrar seus integrantes durante toda a temporada - inclusive o prazo para o primeiro major e minor vai até o próximo sábado (15) -, mas não sofrerão punições tão severas caso por fazerem mudanças de escalação ou jogarem com substitutos.

Na temporada passada, os times perdiam direito a convites tanto de qualificatórias quanto para o TI8 caso mudassem sua escalação após o período conhecido como “roster lock”, ou trava de escalação.

Agora, as equipes que jogarem com um substituto não sofrerão penalidade nas qualificatórias, mas receberão uma dedução de 40% dos pontos recebidos no torneio se fizerem o mesmo nos eventos presenciais.

E chegando na questão de pontos, a distribuição dos mesmos também passou por alterações. Anteriormente, os pontos eram dados aos jogadores, e não aos times - o que mudou nesta temporada.

Os majors agora valem 15 mil pontos, e os minors, 500. Isso porque, ao contrário da temporada anterior, está verá todos os times participantes do torneio recebendo pontos - e não apenas o Top 4. Em relação ao time que vencer o Minor, ele receberá a maior pontuação entre o minor e sua colocação no major.

Por fim, esta temporada levará as 12 melhores equipes do ranking de pontuações diretamente ao TI9. Os outros times serão definidos por uma qualificatória para cada região.

A divisão de pontuação dos torneios, assim como outras informações sobre a nova temporada do DPC, pode ser conferida no site oficial da Valve.