<
>

Alex Morgan critica fim de investigação de estupro de CR7 nos EUA com um retuíte

Na última segunda-feira (22), a TMZ Sports divulgou que as acusações de estupro feitas por Kathryn Mayorga a Cristiano Ronaldo, estavam suspensas por falta de provas.

Em sua conta do Twitter, Alex Morgan manifestou-se divulgando um texto escrito por Jennifer Doyle e Brenda Elsey, para a Vice.com. Nele, as duas falaram sobre a corrupção que rege o futebol e como Ronaldo ficou impune por ser uma estrela emergente no meio.

“Agora isto é um ótimo jornalismo”, escreveu a bicampeã mundial. O texto, intitulado “Ronaldo é um ícone de corrupção no esporte”, traz um apanhado de fatos que aconteceram desde o início da investigação até a suspensão dela e, inclusive, outros casos que aconteceram no futebol.

O texto também relembrou que não é a primeira vez que CR7 é acusado de abuso sexual. Em 2005, uma mulher o acusou de ter sido abusada sexualmente na suíte de um hotel em Londres pelo jogador, que na época defendia o Manchester United. Mas saiu impune.

“Expressão crua de misoginia e corrupção no futebol”, dizia o texto, aproveitando o ensejo para falar sobre o descaso feito dentro das federações pelo futebol feminino, citando o exemplo próprio do Brasil, e dizendo que todo investimento vai para o lado dos homens.

Alex Morgan, inclusive, criticou a CBF recentemente por não dar apoio necessário ao futebol feminino no Brasil. “Em comparação ao Brasil, que tem muito potencial e que poderia facilmente ter chegado à final por sua qualidade. Mas não tem o apoio necessário. Então, temos que continuar avançando e acho que estamos fazendo isso”, falou.