<
>

Esquiva Falcão explica luta contra ex-BBB em Balneário Camboriú e rebate críticas

Através de sua conta oficial no Twitter, Esquiva Falcão explicou o motivo para enfrentar o ex-BBB Yuri Fernandes no card principal do ‘Fight Music Show’


No próximo dia 30 de janeiro, Esquiva Falcão subirá novamente no ringue, desta vez com um desafio inusitado pela frente. Um dos principais representantes do Brasil no boxe internacional atualmente, o pugilista capixaba enfrentará o ex-BBB Yuri Fernandes no card principal do ‘Fight Music Show’, que será realizado em Balneário Camboriú.

A participação do medalhista olímpico no evento, que terá uma mescla entre atletas profissionais e celebridades, ao que parece, não agradou a parte de seus fãs, e ele veio a público para se justificar.

Através de sua conta oficial no Twitter, Esquiva admitiu que também teve dúvidas sobre o convite para se apresentar no ‘Fight Music Show’, mas depois optou por fazer parte do projeto por entender que a presença de grandes celebridades brasileiras – como Whindersson Nunes, que fará a luta principal do show contra Acelino ‘Popó’ Freitas – em um evento como esse pode alavancar a boxe nacional e, consequentemente, a sua carreira, em termos de popularidade.

“A minha luta contra o Yuri ex-BBB não vai agregar nada no meu currículo de boxeador. Tenho certeza que a nova geração que ainda não conhece o Esquiva Falcão, os fãs do Whindesson (Nunes) vão passar a acompanhar mais o boxe. Esse evento vai trazer coisas boas para a nobre arte no Brasil”.

“Estou lendo muito dos meus fãs falando que estou fazendo errado, e no início também pensei. Mas depois que olhei para frente eu vi a importância de ter um evento deste no Brasil, o evento vai ter vários nomes importantes e famosos. Tenho certeza que grandes coisas vão acontecer”.

“Esse evento no Brasil vai agregar muito para todos. Os fãs vão amar o Fight Music Show. Só quero dar meu show e mostrar porque eu aceitei esse convite. Quando eu subo em cima do ringue, eu não quero saber quem vai estar do outro lado. Ele subiu, é meu adversário e não meu amigo”.

“Depois da luta podemos voltar a ser amigos, em cima do ringue somos adversários. Não vou alivias porque tenho muito a perder, vou mostrar porque sou (número) 1 do mundo”, escreveu Esquiva.

Medalhista de prata na Olimpíada de Londres, em 2012, Esquiva Falcão segue invicto no boxe profissional, tendo vencido todos os 29 combates que disputou até o momento. Após seu último triunfo, o capixaba garantiu a chance de disputar o cinturão mundial da IBF (Federação Internacional de Boxe), que hoje se encontra em poder do renomado Gennadiy Gennadyevich Golovkin. Enquanto aguarda sua chance, o pugilista colocará seu talento e sua reputação em jogo diante do ex-BBB Yuri Fernandes, no ‘Fight Music Show’, no dia 30 de janeiro.