<
>

Presidente da Uefa revela planos e define 3 de agosto como data limite para conclusão da temporada

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, definiu a data limite para a conclusão da temporada europeia. Em entrevista à emissora alemã ZDF neste sábado (4), o dirigente afirmou que todas as competições devem terminar até o dia 3 de agosto. Atualmente, as ligas estão paralisadas devido à pandemia do coronavírus.

"Temos vários planos para o recomeço das competições europeias, mas até 3 de agosto tudo terá de estar terminado. Neste momento estamos dependentes dos governos nacionais e, honestamente, acho que a melhor solução passará por jogar com portões fechados, com televisão", disse.

Ceferin ainda destacou que há planos para a Champions League e Liga Europa retomando as atividades a partir de maio, junho ou julho, mas não descartou a possibilidade das competições serem canceladas.

"No dia 3 de agosto devem estar, tanto a Champions League como a Liga Europa, terminadas. Estamos num contexto excepcional e devemos ser flexíveis. Podemos jogar nas mesmas datas que as ligas locais, inclusive nos mesmos horários. Temos diferentes planos para o recomeço da Champions e da Liga Europa em maio, junho ou julho ou também existe a possibilidade de não voltarmos a jogar. Se as autoridades não nos permitirem jogar, não o podemos fazer. Dependemos dos governos de cada país. Em setembro e outubro já não podemos jogar", afirmou, destacando também que a saúde e segurança dos atletas é prioridade.

"A única decisão errada seria decretar a volta das competições enquanto tal constituir um risco para a saúde de todos. Quando se verificar que é seguro, não vejo qualquer problema. Precisamos de futebol, as pessoas estão nervosas e ansiosas", completou.

Vale lembrar que antes da paralisação, a Uefa já havia realizado jogos da Champions sem a presença de torcedores em algumas partidas.