<
>

8ª divisão e até desempregados: jornal inglês lembra onde estão jogadores que eram promessas em 2014

Em cinco anos, muita coisa pode mudar. O The Guardian que o diga. Em 2014, o jornal inglês resolveu apontar as principais promessas da Premier League e futebol mundial. Nesta terça-feira, o tabloide decidiu mostrar onde estão os jogadores.

Considerando apenas os 20 atletas que foram considerados o futuro do futebol na Inglaterra, apenas três atuam na elite do Campeonato Inglês - Marcus Rashford (Manchester United), Dominic Solanke (Liverpool) e Hamza Choudhury (Leicester City).

Já os demais atuam em divisões inferiores: seis na segunda divisão (cinco na Inglaterra e um na Islândia); dois na quarta divisão (um na Inglaterra e um na Itália); a sexta, sétima e oitava divisões também contam com um representante cada da lista. Dois ainda atuam por times sub-23 e outros dois estão desempregados.

“Muitas coisas podem contribuir para o sucesso de um jogador. Lesões podem desempenhar um papel importante, enquanto o lado mental do jogo não deve ser subestimado. Além disso, os jogadores se desenvolvem em diferentes idades”, escreveu o The Guardian.

Na lista dos 40 nomes mais promissores do mundo, dois eram do Brasil – os atacantes Malcom e Gerson. O primeiro deixou o Corinthians rumo à Europa e passou por Bordeaux-FRA e Barcelona-ESP até chegar ao Zenit-RUS nesta temporada. Revelado pelo Fluminense, Gerson defendeu Roma e Fiorentina, da Itália, antes de ser contratado pelo Flamengo neste ano.

“28 dos 40 estão jogando futebol de primeiro nível e 16 representaram a seleção de seu país. 11 dos jogadores estão nas cinco principais ligas europeias”, acrescentou a publicação.