<
>

Choupo-Moting resolve, PSG deslancha no 2º tempo e goleia Toulouse no Francês; Mbappé e Cavani se lesionam

O Paris Saint-Germain se reabilitou no Campeonato Francês. Após perder para o Rennes na última rodada, o clube de Paris venceu o Toulouse por 4 a 0 na tarde deste domingo, no Parc des Princes. Choupo-Moting foi o grande destaque da partida, com dois gols marcados. O brasileiro Marquinhos também deixou o dele.

Com o resultado, os Rouge-et-Bleu chegaram à terceira colocação da competição, com seis pontos em três jogos. Os Téfécé param nos quatro pontos, no 12º lugar.

O PSG, que já não contava com Neymar, teve um baixa importante logo com 15 minutos de jogo. Edinson Cavani sentiu um incômodo e pediu para sair. O técnico Thomas Tuchel lançou Eric Maxim Choupo-Moting no lugar do uruguaio.

A equipe parisiense, após um primeiro tempo morno, abriu o placar logo aos cinco minutos da etapa final.

O camaronês Choupo-Moting, que havia entrado no lugar de Cavani, insistiu na jogada dentro da área, se livrou de três marcadores com um lindo giro e soltou um foguete de canhota. A bola ainda pegou na trave antes de entrar.

Com a vitória parcial, o PSG se soltou na partida e ampliou pouco depois. Ángel Di María recebeu na esquerda do ataque e cruzou. A bola passou por todo mundo até chegar em Pablo Sarabia, que bateu para dentro da área e viu Mathieu Goncalves desviar contra as próprias redes.

Após Cavani, o PSG perdeu outro jogador importante lesionado no duelo com o Toulouse. O astro Kylian Mbappé sentiu a parte de trás da coxa esquerda após uma arrancada aos 62 minutos. O francês saiu mancando e deu lugar ao garoto Arthur Zagre, de 17 anos.

Goncalves apareceu novamente aos 68 minutos de jogo. E de maneira negativa outra vez. O zagueiro de apenas 18 anos ciau dentro da área e colocou a mão dentro da área. O árbitro Jérôme Brisard viu e marcou. Di María foi para a cobrança, mas o goleiro Baptiste Reynet defendeu.

A tarde foi mesmo de Choupo-Moting. Di María invadiu a área, balançou para cima da marcação e rolou para Juan Bernat, que cruzou rasteiro. O atacante camaronês bateu de primeira e fez o segundo dele na partida, ampliando o placar para 3 a 0 no Parc des Princes.

Aos 83, Marquinhos transformou a vitória em goleada. Após cruzamento de Di María de escanteio, o zagueiro brasileiro subiu firme e mandou um canhão de cabeça para anotar o 4 a 0.

E NEYMAR?

O Barcelona está pessimista com a possibilidade de tirar Neymar do PSG. Ao menos é o que informa o jornal catalão Mundo Deportivo neste domingo. Entre os fatores principais para a avaliação está a falta de dinheiro e também uma suspeita que os franceses favorecerão o Real Madrid.

O aspecto financeiro está diretamente ligado ao fato de o Barcelona já ter assumido o pagamento da rescisão de Antoine Griezmann com o Atlético de Madrid, 120 milhões de euros (R$ 550 milhões) que agora impedem que o clube faça outro grande investimento durante esta janela.

Enquanto isso, o brasileiro segue treinando no clube de Paris, mas sem atuar. Segundo o técnico Thomas Tuchel, por determinação da direção, enquanto a situação não for resolvida, o brasileiro não joga.

AGENDA

O PSG volta a campo no próximo sábado, às 15h45 (de Brasília), para enfrentar o Metz, no estádio Saint-Symphorien. O Toulouse joga no dia seguinte, às 15h00 (de Brasília), quando recebe o Amiens.