<
>

Só por R$ 1,2 bilhão: PSG põe preço para vender Neymar, diz jornal de Paris

play
Marra lamenta 'retrocesso' e pede para Neymar aceitar cobrança no PSG: 'Mostre que é capaz de seguir um padrão' (1:57)

Comentarista falou sobre situação do jogador, que pode voltar ao Barcelona (1:57)

O PSG exige uma alta quantia para liberar Neymar, que tem contrato até 2022, nesta janela de transferências.

O time francês quer vender o astro brasileiro por 300 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão), o que seria a transferência mais cara da história do futebol. As informações foram publicadas pelo jornal Le Parisien, de Paris.

Há duas temporadas, o time francês estabaleceu um novo recorde mundial ao pagar 222 milhões de euros para tirar o jogador do Barcelona.

O maior problema é que poucos clubes tem poderio financeiro para gastar em uma possível compra neste ano.

Até mesmo o Barça, maior interessado no brasileiro, já teria seu orçamento comprometido com outras possíveis aquisições, como o francês Griezmann, do Atlético de Madrid.

O Real Madrid, que também investiu alto para levar Rodrygo e Hazard, poderá depositar suas fichas para tirar o meia Paul Pogba do Manchester United

Após 58 jogos e 51 gols marcados, o diário diz que este fim de relacionamento talvez seja mais doloroso para Neymar e aponta que a história complexa e cheia de nuances termina com uma parte tentando culpar a outra pelo fracasso.

O presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, já deixou as portas abertas para a saída de Neymar, que também já teria afirmado seu desejo de sair e voltar para o Barcelona, “de onde nunca devia ter saído”.