<
>

Brasil passeia contra Honduras, faz sete no último teste pré-Copa América, mas tem susto com Arthur

play
Em fotos, veja a goleada do Brasil sobre Honduras no último teste da seleção antes da Copa América (0:45)

Equipe comandada por Tite não tomou conhecimento dos adversários e venceu por 7 a 0 (0:45)

Se depender apenas do último teste, a seleção brasileira está pronta para a Copa América. O grau do desafio, por outro lado, não exigiu muito dos comandados de Tite. Em um jogo fácil contra Honduras, em um Beira-Rio de pouco público, o Brasil venceu por 7 a 0 neste domingo.

Gabriel Jesus, Thiago Silva e Philippe Coutinho pavimentaram o caminho do triunfo marcando ainda no primeiro tempo. O camisa 9 ainda ampliou na segunda etapa, que também teve gols de David Neres e Roberto Firmino e Richarlison para completar a goleada.

A notícia ruim para os anfitriões do torneio sul-americano foi a lesão do meio-campista Arthur. Em lance aos 30 minutos de partida, que resultou na expulsão do hondurenho Romell Quioto, o ex-gremista sentiu o joelho direito, saiu de campo mancando e foi substituído por Allan.

Ao contrário do que aconteceu com Neymar, cortado após se lesionar em amistoso contra o Catar, Arthur não precisou de exames mais detalhados após a pancada. Após avaliação de Rodrigo Lasmar, médico da seleção, o tratamento foi iniciado no próprio vestiário.

E AGORA?

A partida foi a última antes da estreia na Copa América, que acontece na próxima sexta-feira, dia 14, no Morumbi, em São Paulo, contra a Bolívia. Antes do passeio contra Honduras, o Brasil também venceu o Catar. No grupo A do torneio, também serão rivais Venezuela e Peru.

GABRIEL JESUS APROVEITA CHANCE

Antes de a bola rolar, Tite colocou Roberto Firmino à frente de Gabriel Jesus na disputa por uma vaga no ataque. Ainda sem condição física ideal, porém, o jogador do Liverpool iniciou no banco neste domingo, e o “rival” aproveitou: criou boas chances e marcou duas vezes, chegando à impressionante marca de cinco gols nos últimos três jogos.

COUTINHO E RICHARLISON BEM

Se Jesus foi o artilheiro da equipe que iniciou neste domingo, Coutinho e Richarlison também tiveram bom destaque individual. O primeiro, bastante questionado pela temporada no Barcelona, deixou sua marca cobrando pênalti e deu assistência para Thiago Silva.

Já o jogador do Everton foi a melhor opção de ataque do Brasil pelos lados, principalmente no primeiro tempo. Ainda foi premiado, nos 45 minutos finais, marcando seu gol.

GRE-NAL E VAIAS A EVERTON

Quando a escalação do Brasil foi anunciada no telão, já foi possível perceber o clima de Gre-Nal nas arquibancadas, divididas entre vaias e aplausos, principalmente, para os ex-gremistas Cássio, Arthur e Everton. O atacante, porém, foi o que mais sofreu, vaiado quando foi chamado por Tite, entrou no lugar de Coutinho e a cada vez que tocou na bola.

AJUDA DO VAR

Não que o Brasil precisasse, mas foi auxiliado pelo árbitro de vídeo para abrir o placar. Depois de uma linda jogada de Richarlison, com direito a drible da vaca, e Daniel Alves, Gabriel Jesus cabeceou para o gol. A arbitragem, porém, viu impedimento do atacante do Everton – que teria tocado na bola antes de ela entrar. A marcação foi corrigida pelo VAR após dois minutos.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 7 x 0 HONDURAS

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Data: 9 de junho de 2019, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Andres Cunha (URU)

Assistentes: Gabrie Popovits (URU) e Carlos Barreiro (URU)

VAR: Daniel Fedorczuk (URU), Juan Soto (VEN, assistente) Roberto Cañete (PAR, assistente) e Dario Ubriaco (URU, observador)

Público e renda: 16.521/R$ 1.202.890,00

Cartões amarelos: Casemiro (Brasil), Roger Rojas e Alberth Elis (Honduras)

Cartão vermelho: Romell Quioto (Honduras)

Gols: Gabriel Jesus (6’ do primeiro tempo e 1’ do 2º), Thiago Silva (12’ do 1º), Philippe Coutinho (37’ do 1º), David Neres (10’ do 2º), Roberto Firmino (19’ do 2º) e Richarlison (25’ do 2º)

Brasil: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos (Éder Militão), Thiago Silva (Miranda), Filipe Luis, Casemiro (Fernandinho), Arthur (Allan), Philippe Coutinho (Everton), Richarlison, David Neres e Gabriel Jesus (Roberto Firmino) Técnico: Tite

Honduras: Luis López, Félix Crisanto, Henry Figueroa, Maynor Figueroa, Emilio Izaguirre (Ever Alvarado), Luis Garrido (Hector Castellanos), Bryan Acosta (Michaell Chirinos), Alex López (Brayan Beckeles), Roger Rojas (Jorge Alvarez), Alberth Elis e Romell Quioto Técnico: Fabián Coito