<
>

Mundial de piscina curta: Nicholas Santos é ouro e Cielo fatura bronze com revezamento brasileiro

O brasileiro Nicholas Santos cumpriu com as previsões e conquistou a medalha de ouro na final dos 50m borboleta do Mundial de Piscina Curta realizado em Hangzhou (China).

O brasileiro, que já tinha anotado os melhores tempos nas provas classificatórias (22s41) e na semifinal (21s96), desbancou o sul-africano Chad Le Clos, ganhador das últimas duas edições, com um tempo de 21s81.

Visivelmente confiante, o brasileiro se impôs mesmo diminuindo o ritmo nas últimas braçadas e se vingou de seu rival sul-africano, que terminou a prova 16 centésimos atrás de Santos, com um tempo de 21s97.

A medalha de bronze ficou com o atleta de Trinidad e Tobago Dylan Carter, que fechou a prova com 22s38.

O triunfo de Santos nos 50m borboleta permitiu ao Brasil somar a quarta medalha na competição.

Brasil é bronze no revezamento

Mais cedo, o quarteto brasileiro formado por Nicholas Santos, Felipe Lima, Guilherme Guido e Cesar Cielo conquistou a medalha de bronze na final dos 4X50m nado medley no Mundial de piscina curta, em Hangzhou, na China, com um tempo de 1m31s49.

Os nadadores verde-amarelos ficaram a maior parte da prova na segunda colocação, apenas atrás do conjunto russo (1m30s54), que finalmente levou a medalha de ouro.

No entanto, no último revezamento, quando Cesar Cielo entrou na água para os últimos 50m, o quarteto americano ultrapassou o time brasileiro e acabou ficando com a medalha de prata (1m30s90).