<
>

Palmeiras vence Inter com gol de Deyverson pelo Brasileiro

Em um jogo marcado por muita intensidade e disputas ferrenhas por cada metro do gramado, o Palmeiras conquistou uma importante vitória por 1 a 0 sobre o Internacional, neste sábado, no Allianz Parque, pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O herói do triunfo palestrino foi o atacante Deyverson. Aos 13 da primeira etapa, ele aproveitou escanteio cobrado por Dudu e cabeceou sem chances para Marcelo Lomba, para alegria dos mais de 31 mil torcedores na arena alviverde.

A primeira etapa ainda foi marcada por uma forte discussão entre Felipe Melo e Guerrero, com ambos sendo amarelados - até o quarto árbitro teve que ir ao gramado para apartar.

Na segunda etapa, Luiz Felipe Scolari recuou o time e levou pressão do Colorado, que foi com tudo para cima após as entradas de D'Alessandro e Rafael Sóbis. No entanto, uma boa atuação da defesa, especialmente do lateral Marcos Rocha e do volante Felipe Melo, valeram o triunfo aos donos da casa.

Com o resultado, o Verdão vai a 7 pontos, no topo da tabela do Brasileiro.

Os gaúchos, por sua vez, estacionam nos 3 pontos, ocupando no momento a 14ª posição.

Na próxima rodada, o Palmeiras visita o Atlético-MG, domingo (dia 12/05), às 16h (de Brasília), no Independência.

No mesmo dia e horário, o Internacional recebe o Cruzeiro, no Beira-Rio.

O JOGO

No embalo da torcida, o Palmeiras teve sua primeira chance logo aos 4 minutos: Dudu cobrou escanteio, Deyverson fez a casquinha e a zaga do Inter tirou em cima da linha antes que alguém chegasse completando para as redes.

No minuto seguinte, mas uma chegada perigosa: Marcos Rocha cobrou lateral direto na área e o baixinho Dudu apareceu livre para cabecear. Sua finalização tirou tinta da trave de Lomba, que só observou.

Na terceira oportunidade, porém, o Verdão foi fatal. Aos 13 minutos, Dudu bateu escanteio e Deyverson desviou de cabeça no cantinho do goleiro colorado, que não teve qualquer chance de defesa.

Explosão de alegria no Allianz Parque!

Depois disso, a partida ferveu. Em um lance no meio do campo, Guerrero fez falta em Dudu, levou cartão amarelo e acabou se estranhando com os jogadores do Palmeiras. Uma enorme confusão se formou, e até o quarto árbitro teve que entrar para apartar a briga. No meio da farra, Felipe Melo também acabou sendo advertido pela arbitragem.

Uma nova chance de gol só foi sair aos 29, em mais uma cobrança de lateral para a área. Desta vez, foi Felipe Melo quem cabeceou o lançamento feito por Marcos Rocha com muito perigo.

A resposta colorada veio logo em seguida: após cruzamento, Nico López aproveitou sobra de bola na área e bateu rasteiro. O chute não saiu muito forte, mas Weverton estava com a visão encoberta e teve muita dificuldade para defender.

Nos 15 minutos seguintes, a partida caiu um pouco de ritmo e, mesmo com as duas equipes jogando para frente, as defesas acabaram encaixando as marcações e impedindo que o placar sofresse qualquer alteração.

No segundo tempo, o técnico Odair Hellmann mexeu logo de cara no Inter: tirou Nico López e colocou o também atacante Guilherme Parede. Felipão, por sua vez, voltou com a mesma escalação.

Não satisfeito, Hellmann ainda tirou depois o meia Sarrafiore, que havia caído de produção, e colocou o experiente D'Alessandro para tentar colocar fogo no jogo. Scolari respondeu rapidamente, tirando Zé Rafael e pondo Hyoran.

Na sequência, quase o segundo gol alviverde: Dudu ganhou jogada pela direita e cruzou com perfeição para Bruno Henrique, que apareceu de surpresa na área e cabeceou forte. Bem colocado, Lomba defendeu com as pernas e salvou o Inter.

Nos 15 minutos finais, Odair foi para o tudo ou nada, tirando o volante Edenílson e ingressando mais um atacante: Rafael Sóbis. Felipão, como da outra vez, replicou no ato: tirou o cansado Dudu e mandou Raphael Veiga a campo.

Com o Inter todo no ataque, o Palmeiras teve a chance de matar o confronto aos 42, quando Hyoran recebeu na área com Marcelo Lomba fora da meta. O garoto, porém, errou por muito e mandou por cima da meta.

Mas acabou não fazendo falta, e o Verdão segurou o 1 a 0 até o fim.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 x 0 INTERNACIONAL

Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Data: 4 de maio de 2019, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Público: 31.549 pagantes
Renda: R$ 1.952.668,00
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Fábio Pereira e Thiago Farinha
VAR: Rodrigo Nunes de Sá
Cartões amarelos: Marcos Rocha e Felipe Melo (PAL); Guerrero, Zeca, Edenílson, Cuesta e Sarrafiore (INT)

GOL
PALMEIRAS: Deyverson, aos 13 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Zé Rafael (Hyoran), Dudu (Raphael Veiga) e Deyverson Técnico: Luiz Felipe Scolari

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenílson (Rafael Sóbis), Patrick e Sarrafiore (D'Álessandro); Nico López (Guilherme Parede) e Guerrero Técnico: Odair Hellmann