<
>

Grupos de combate ao racismo pedem investigação sobre pichação contra Mbappé

play
Mbappé marca e Paris Saint-Germain vence o Manchester United fora de casa; veja fotos do jogo (1:18)

Vitória deixou o time francês em ótima situação por vaga nas quartas de final da Champions League (1:18)

Grupos de combate ao racismo estão pedindo que as autoridades francesas investiguem a pichação com teor racista e antissemita direcionadas ao astro do Paris Saint-Germain e da seleção francesa, Kylian Mbappé.

Com palavras extremamente ofensivas e uma cruz celta – um símbolo usado frequentemente pela extrema-direita – a pichação apareceu em uma das linhas de trem que cruzam a capital francesa.

“Atacando Kylian Mbappé, este ou estes indivíduos estão deliberadamente atacando a imagem da França: uma França com diversidade que eles não suportam”, disse em comunicado a SOS Racismo, organização que combate o preconceito no futebol profissional no país.

“Esta pichação constitui um violento ataque à França que nos une. Isso absolutamente deve ser denunciado e punido, porque, além de ser insultante e de denegrir, é algo feito para dividir”, completou.

Yohann Roszewitch, ex-líder da SOS Homofobia na França, foi quem divulgou a imagem nas redes sociais, lamentando o fato da homofobia, racismo e antissemitismo ser demonstrado de maneira completamente aberta.