<
>

Palmeiras vence São Caetano no possível adeus de Bruno Henrique e segue invicto no Paulista

Sem grandes dificuldades, o Palmeiras venceu o São Caetano por 2 a 0, neste domingo, pela 3ª rodada do Campeonato Paulista, no estádio Anacleto Campanella, e manteve-se invicto na competição - a equipe vinha de triunfo no meio de semana, sobra o Botafogo-SP, no Allianz Parque.

Borja, no primeiro tempo, e Luan, na segunda etapa, construíram a vitória alviverde, que também teve boas atuações do meio-campista Moisés e do atacante Carlos Eduardo.

O duelo também pode ter marcado da despedida do volante Bruno Henrique, que tem proposta do futebol chinês e deve deixar o Palestra Itália. Ele começou no banco e entrou na segunda etapa, no lugar de Moisés.

Capitão do Alviverde na conquista do último Brasileirão, Bruno deve ir para o Tianjin Teda pelo valor de sua multa rescisória (6 milhões de euros, cerca de R$ R$ 25,8 milhões). No país asiático, receberá um salário de R$ 1,7 milhão por mês.

Com o resultado, o Verdão vai a 7 pontos e lidera o grupo B, com 3 pontos de vantagem para o Novorizontino.

O Azulão, por sua vez, estaciona nos 2 pontos, mas ainda na vice-liderança da chave A.

Na próxima rodada, o Palmeiras visita o Oeste, na Arena Barueri, quarta-feira, às 21h (de Brasília).

No dia seguinte, às 18h45, o São Caetano visita o São Bento, no Walter Ribeiro, em Sorocaba.

O JOGO

A partida começou com o Palmeiras indo para cima com boas jogadas do atacante Carlos Eduardo, que fazia um salseiro com a zaga do São Caetano. Aos 7 minutos, ele foi derrubado na entrada da área e Lucas Lima cobrou bem a falta, mas o goleiro Jacsson defendeu.

7 minutos depois, porém, o Verdão abriu o placar: Moisés deu lançamento magistral para Borja, que invadiu a área e foi travado ao chutar. No entanto, o colombiano aproveitou a sobra, driblou o arqueiro rival e só rolou para as redes.

2º gol do gringo na temporada, já que ele também havia marcado na estreia, contra o Red Bull Brasil.

Mesmo saindo na frente, o time de Luiz Fepie Scolari não se acomodou e seguiu jogando para cima do rival, insistindo quase sempre com Carlos Eduardo pela direita. A zaga do São Caetano fazia o que podia para se segurar.

Numa rara chegada ao ataque, porém, o Azulão quase empatou aos 31: o lateral Alex Reinaldo cruzou da direita e o volante Cristian, ex-Corinthians, apareceu livre na área, mas acabou não alcançando e desperdiçou grande chance.

O lance acabou animando a equipe comandada por Pintado, que assustou de novo aos 38: Rafael Marques recebeu fora da área e arriscou um chute complicado, no canto de Jaílson, que caiu e fez bela defesa. Na sobra, a zaga afastou.

No último lance de destaque da primeira etapa, Carlos Eduardo recebeu mais uma vez pela direita e, mesmo marcado por dois, conseguiu abrir espaço e chutar. A bola desviou e quase encobriu o goleiro Jacsson, que conseguiu colocar para escanteio.

No segundo tempo,a primeira boa oportunidade foi da equipe do ABC Paulista. Aos 2, Capa recebeu pela esquerda, cortou para a perna direita e chutou tirando tinta da trave de Jaílson, que só observou a saída.

Nos minutos seguintes, o Verdão se postou bem na defesa e passou a arriscar nos contra-ataques. Aos 10, Carlos Eduardo escapou bem mais uma vez, invadiu a área e tentou a finalização, mas carimbou a zaga. No meio da área, Moisés demonstrou irritação por não receber o passe.

Depois disso, no entanto, o domínio verde ficou evidente, e o segundo gol palestrino saiu em uma bola trama de ataque: aos 16, Diogo Barbosa tabelou com Dudu, recebeu na frente e cruzou para o zagueiro Luan chegar completando de primeira para as redes.

5º tento do defensor com a camisa do Verdão.

O 3º gol palmeirense quase veio minutos depois: Carlos Eduardo, sempre ele, sambou mais uma vez pelo lado direito e dessa vez tocou para Borja, que finalizou com muito perigo, perto do poste de Jacsson.

Até o apito final, o elenco de Felipão ainda perdeu mais algumas boas chances, mas o placar terminou mesmo em 2 a 0.

FICHA TÉCNICA
SÃO CAETANO 0 x 2 PALMEIRAS

Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul-SP
Data: 27 de janeiro de 2019, domingo
Horário: 19h (de Brasília)
Público: 7.584 pagantes
Renda: R$ 340.250,00
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Daniel Luís Marques e Bruno Salgado Rizo
Cartões amarelos: Marquinhos e Bruno Mezenga (SCA); Mayke, Luan e Moisés (PAL)

GOLS
PALMEIRAS: Borja, aos 14 minutos do primeiro tempo; Luan, aos 16 minutos do segundo tempo

SÃO CAETANO: Jacsson; Alex Reinaldo, Max, Joécio e Marquinhos (Bruno Mezenga); Vinícius Kiss, Pablo e Cristian (Ferreira); Diego Rosa, Capa e Rafael Marques (Minho) Técnico: Pintado

PALMEIRAS: Jaílson; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Moisés (Bruno Henrique) e Lucas Lima; Dudu (Gustavo Scarpa), Carlos Eduardo (Felipe Pires) e Borja Técnico: Luiz Felipe Scolari