<
>

Cristiano Ronaldo marca duas vezes e Juventus bate recorde de pontos no turno do Italiano

A Juventus encerrou o primeiro turno do Campeonato Italiano com a maior pontuação de uma equipe na história da competição desde que voltou a ser disputada em 38 rodadas.

Jogando em casa, Cristiano Ronaldo marcou duas vezes na vitória por 2 a 1 sobre a Sampdoria, que teve o gol de Quagliarella e deixou o estádio reclamando muito da arbitragem. Foi o 17º triunfo da Velha Senhora que tem ainda dois empates em 19 jogos.

Com 53 pontos, a folga na liderança é agora de 12 pontos sobre o Napoli, que entra em campo ainda neste sábado, às 14 horas (de Brasília), para encara o Bologna.

O recorde anterior de pontos em um só turno também era da Juve, que tinha feito 52 em 2005-06 e 2013-14.

É GOL DE CRISTIANO RONALDO

Depois de sair do banco para impedir a perda da invencibilidade na última quarta-feira, Cristiano Ronaldo marcou mais duas vezes neste sábado, ultrapassando Krzysztof Piatek, do Genoa, e assumindo a liderança isolada na artilharia do italiano.

O primeiro gol saiu antes do relógio completar dois minutos, quando o português recebeu dentro da área, puxou para dentro e bateu cruzado, mandando no canto esquerdo do goleiro Aurdero.

O último dele no ano – o 49º em 2018 – saiu em cobrança de pênalti, mandando no meio do gol e confirmando a vitória da Juventus.

CR7 tenta ser o primeiro português a ser o artilheiro máximo de uma edição do futebol italiano.

VAR, PÊNALTIS E POLÊMICAS

A arbitragem contou com o auxílio do vídeo para marcar dois pênaltis no jogo, um para cada equipe. Mas nem o replay livrou Paolo Valeri de polêmicas.

A marcação que resultaria no gol de Quagliarella, aos 33, foi de um toque de mão de Emre Can, que subiu para tentar o corte de cabeça, mas viu a bola bater em seu braço antes de conseguir o cabeceio. Neste lance a marcação só aconteceu depois da revisão por vídeo.

Já no segundo tempo, Valeri apitou e depois confirmou por vídeo uma penalidade a favor do time da casa. A bola alçada na área tocou no braço de Ferrari, que parecia estar junto ao corpo, mas marcação foi mantida após o vídeo.

UM GOLAÇO... E O VAR

Os seis minutos de acréscimos tiveram mais uma participação da arbitragem de vídeo. E novamente com polêmica.

Aos 47, Saponara dominou na intermediária e bateu de longe para marcar um golaço que empataria a partida. Porém mais uma vez Valeri foi chamado para conferir o lance na TV e tudo foi anulado por uma posição irregular do jogador no momento em que Defrel e Alex Sandro dividiram a bola.

UM DESCANSO E A VOLTA EM 2019

Agora o Campeonato Italiano dá uma pausa e volta apenas no final de semana do dia 20 de janeiro, quando a Sampdoria viaja para enfrentar a Fiorentina, enquanto a Juventus, no dia seguinte, recebe o Chievo.

Antes, porém, tem a disputa da Copa da Itália. No dia 12 a Juve enfrenta o Bologna, fora de casa, no mesmo dia em que a Samp recebe o Milan.