<
>

Hat-trick de Agüero, gol de Jesus e show de Mendy: Manchester City atropela o Huddersfield por 6 a 1

O Manchester City foi praticamente perfeito no Etihad Stadium. Com um futebol bonito e eficiente na mesma medida, e ótimas atuações de mais de metade do time, os azuis fizeram 6 a 1 no Huddersfield.

Aguero, três vezes, Gabriel Jesus, David Silva e Kongolo, contra, marcaram para o time de Manchester. Stankovic descontou.

Mesmo sem o contundido De Bruyne, o City teve muito volume de jogo na primeira metade do 1º tempo - como de costume,. Mas o gol só foi sair aos 23 minutos.

Quando o jogo começou, Agüero já havia feito 201 gols pelo City. Nenhum, porém, havia sido como o primeiro dele neste domingo (19), com assistência de um goleiro.

Veio de Ederson o lançamento para o argentino gingar em frente ao zagueiro Schindler e ao goleiro Hammer e bater por cobertura para fazer 1 a 0. Um golaço.

O gol desestabilizou a defesa do Huddersfield, que levou o segundo aos 30.

Gabriel Jesus, como se mandasse um recado ao técnico Tite, que o excluiu da convocação para os amistosos da seleção brasileira, vibrou muito, de punhos cerrados, para comemorar o gol feito após bela jogada de Mendy.

O brasileiro não marcava desde 10 de junho, quando a seleção nacional enfrentou a Áustria, na Rússia, em amistoso preparatório para a Copa.

Assistente nessa jogada, o lateral Mendy, aliás, foi um monstro na primeira etapa. O terceiro gol também teve participação dele. O cruzamento veio forte, o goleiro Hammer rebateu de novo e Agüero, sempre muito ligado, fez o terceiro.

A primeira etapa só não foi perfeita para os comandados de Guardiola porque o Huddersfield descontou, aos 42 - e de um jeito nada moderno. Kongolo bateu o lateral, Mounie deu a chamada "casquinha", Stankovic saiu frente a frente com Ederson e não desperdiçou.

Pressão e posse

O City entrou na segunda etapa como se o placar estivesse 0 a 0, sem diminuir o ritmo.

Após limpar dois marcadores na entrada da área, Agüero sofreu falta dura. Na cobrança, David Silva fez um golaço. De pé esquerdo, bateu por cima da barreira e colocou no ângulo superior esquerdo, inapelável.

Foi o gol 250 dele na Premier League - todos pelo City.

Era previsível que o passar do tempo traria mais gols do time azul. Assim foi, aos 29. Mendy, em tarde muito boa, cruzou de chapa, com perfeição, para o camisa 10 se antecipar, no primeiro pau, e fazer o quinto - de calcanhar.

O gol colocou Aguero no Top 10 de artilheiros da história da Liga. Com 146, ele empata com Teddy Sheringham e chega a seu 14º gol em seus últimos oito jogos no Etihad Stadium.

O sexto veio pós ótima troca de passes de Gabriel Jesus e Sané, pela esquerda do ataque. A tabelinha entre o brasileiro e o alemão resultou em um gol contra de Kongolo, aos 39.

Foram apenas duas rodadas até agora. Mas, como não é surpresa para ninguém, o Manchester City de Guardiola já enche os olhos.