<
>

Júnior Tavares treina duas semanas, não convence o Rennes e volta ao São Paulo

Lateral-esquerdo Júnior Tavares passou duas semanas treinando no Rennes, liberado pelo São Paulo Divulgação/Rennes

O lateral-esquerdo Júnior Tavares vai voltar ao São Paulo. Após duas semanas de treinos no Rennes, da França, o jogador não convenceu e não será contratado, como anunciou o clube em nota oficial.

Segundo o Rennes, Júnior Tavares confirmou “todas as suas qualidades” no período, mas o tempo não foi suficiente para “validar com certeza o compromisso do jogador”.

Júnior Tavares retorna, assim, ao São Paulo já nesta terça-feira e, segundo o Rennes, os clubes manterão contato para avaliar um possível negócio no futuro.

“A estadia do jogador Júnior Tavares chegou ao fim. Após as duas semanas em que o jogador pôde participar em sessões de treino com o grupo profissional do Rennes, o clube não quis ativar a possibilidade de contratar o jogador, apesar da confirmação de todas as suas qualidades”, anunciou.

“O período foi muito curto para validar com certeza o comprometimento do jogador que vai viajar para São Paulo a partir de hoje e vai retornar ao São Paulo. Os clubes decidiram manter contato para estudar um possível acordo no futuro”, completa a nota do clube francês.

Júnior Tavares iniciou 2017 muito bem e foi visto como uma das grandes promessas do São Paulo. Caiu de rendimento, contudo, e se tornou terceira opção para a lateral-esquerda nesta temporada, atrás de Reinaldo, que retornou de empréstimo, e Edimar, contratado em definitivo.

Segundo apurou o ESPN.com.br, o lateral se reapresentará ao São Paulo nesta quarta. Ele terá uma conversa com o técnico Diego Aguirre, que pretende aproveitá-lo.

O clube tricolor, inclusive, não achou a notícia tão ruim, já que tinha informação de que o Rennes não desejava fazer um aporte financeiro neste momento pelo atleta.