<
>

Do Counter-Strike para o Overwatch: felps patrocinará equipe do Contenders

felps tem contrato com a SK, mas está atuando pela Não Tem Como. Starladder

O Counter-Strike: Global Offensive não é o único jogo de tiro que chama a atenção de João “felps” Vasconcellos. O jogador da Não Tem Como usará sua marca de roupas recém criada, a Just W, para batizar uma equipe do Overwatch Contenders - a segunda divisão do título da Blizzard.

A informação foi apurada pelo ESPN Esports Brasil com fontes próximas da equipe e confirmada pelo jogador. A Just W, inclusive, já aparece no site da competição como participante da divisão sul-americana.

A escalação escolhida para receber a tag foi a antiga Team Jesus, composta pelos brasileiros Paulo “pizzalover” Cid, Brunno “Kyo” Gonçalves, Pedro “ole” Orlandini, Ryan “Pearlyk” Rodrigues, Leonardo “agon” Albuquerque e pelo argentino Valentin “valen” Ontivero. O responsável pela equipe é o gerente Murilo “Ricci” Ricci.

Uma das primeiras classificadas para o Contenders, a então Team Jesus chegou na competição após ficar entre as quatro melhores colocadas da Open Division sul-americana, ao lado de Brasil Gaming House, Predators e Isurus Gaming.

Fundada por felps em 2017, a marca Just W ainda não é vendida oficialmente, mas o jogador já mostrou algumas peças em seu Instagram. Ainda não se sabe se o apoio da grife se expandirá para outros jogos ou se ficará apenas no Overwatch.

Procurado pelo ESPN Esports Brasil, felps confirmou o investimento e afirmou que resolveu "apoiar o cenário nacional de esports através de sua marca".

"Como o OW é uma modalidade que tem crescido muito, estes jogadores se destacaram e ganharam não só minha atenção, mas minha vontade de vê-los crescer", completou o jogador.

Investir em marcas de roupa não é novidade entre os jogadores brasileiros: Lincoln “fnx” Lau, Henrique “hen1” Teles, Lucas “lucas1” Teles, Epitácio "TACO" Filho e Gabriel “FalleN” Toledo também são donos de suas próprias grifes.