<
>

Brasil termina em sétimo lugar no Mundial sub-21 masculino de vôlei

O Brasil encerrou sua caminhada no Mundial sub-21 masculino de vôlei com uma campanha abaixo da expectativa. Neste domingo, a equipe garantiu o sétimo lugar ao vencer a República Tcheca por 3 sets a 0 (25/13, 25/21 e 25/15), em Carbonia, na Itália

A equipe brasileira encerra o mundial com a campanha de quatro vitória em oito jogos. Na primeira fase, pelo grupo D, o time verde e amarelo estreou com revés para a Rússia (2×3). Depois se recuperou ao vencer o Canadá (3×0), e com o WO sobre Camarões.

Na abertura da segunda fase os brasileiros acabaram superados nas duas rodadas seguintes: Polônia (1×3) e novamente a Rússia (0x3). A vitória sobre a Bulgária (3×0) credenciou a seleção brasileira da categoria a disputar um lugar entre o 5º e o 8º. No play-off não conseguiu passar pela Bélgica (1×3). E assegurou o sétimo lugar com o triunfo sobre os tchecos.

O destaque brasileiro ficou por conta do bloqueio com 12 pontos. O jogador de melhor desempenho na partida pelo lado verde e amarelo foi o oposto Darlan, que marcou 15 vezes e se sagrou o maior pontuador do confronto.

O Brasil participa do Mundial com os levantadores Gustavo Orlando e Rafael Forster; o líbero Pedro Tomasi; os opostos Darlan Souza e Guilherme Sabino; os ponteiros Adriano Xavier, Paulo Vinicios Ferreira, Felipe Varela e Arthur Bento; e os centrais Guilherme Rech, Kelvi Geovani e Leonardo Andrade.