<
>

Itambé/Minas vence Dentil/Praia Clube e se torna bicampeão da Copa do Brasil feminina de vôlei

Em final mineira, disputada no Rio de Janeiro, o Itambé/Minas venceu o Dentil/Praia Clube por 3 sets a 2 (25/22, 27/29, 27/25, 25/27 e 15/13) e conquistou a Copa do Brasil feminina de vôlei pela segunda vez, na noite de sábado.

Desde que voltou a ser editada, em 2014, esta é a oitava edição seguida do torneio. Apesar da derrota, a maior pontuadora do jogo foi a ponteira Fernanda Garay, com 29 pontos. Do lado campeão, a norte-americana Dani Cuttino se destacou e marcou 23 pontos.

“Estou muito feliz de estar no Brasil e no Itambé/Minas onde estou desenvolvendo meu voleibol. Ainda tenho muito o que evoluir como jogadora. Disputar essa final foi muito emocionante. Essa decisão foi disputada em um nível de intensidade muito alto e foi uma experiência que eu nunca tinha vivido como jogadora. Estou muito feliz que jogamos em alto nível e ficamos com o título”, declarou Dani Cuttino.

Do lado do Dentil/Praia Clube, a central Walewska lamentou a derrota, mas disse que o time jogou bem. “Esse alto nível é sempre decidido em pequenos detalhes. Foi o nosso melhor jogo contra o Itambé/Minas na temporada. Tivemos um crescimento e conseguimos equilibrar a partida. Hoje faltou pouco, mas saímos desse jogo mais fortes”, disse.