<
>

Renan Dal Zotto lança livro sobre alto rendimento

Um dos grandes nomes da Geração de Prata e atual treinador da seleção masculina de vôlei, Renan Dal Zotto prepara o lançamento de seu livro “Ninguém é campeão por acaso – Os 6 princípios inegociáveis para o alto rendimento”.

Com conhecimentos na bagagem desde a época de atleta, Renan pretende abordar no livro tudo o que aprendeu durante a sua trajetória no vôlei. Para rechear o livro, o treinador traz momentos de sua carreira, aliados a histórias pessoais, além de trazer depoimentos de antigos colegas, como Bernardinho e Bernard.

Os seis pilares proposto por Renan são: Paixão, Treinamento, Renuncia, Ousadia, Resiliência e Planejamento. O objetivo do livro é servir de inspiração não apenas para os amantes do esporte, mas também para empresas ou líderes que buscam um melhor desempenho em equipe.

Renan Dal Zotto lançará livro sobre alto rendimento (Foto: (Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Radamés Lattari, CEO da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), ressalta a característica de liderança de Renan Dal Zotto e como o livro traz as experiências do treinador durante a sua carreira no vôlei.

“[Renan é um] líder nato. Ele é muito habilidoso, organizado, estudioso, meticuloso. E extremamente inquieto, buscando sempre novas ideias, novos desafios, testando conhecimentos para colocar em prática, seja como dirigente, seja como treinador. Tudo isso fez dele um treinador vitorioso. Mas não pense que ele está satisfeito. Nunca está. E este livro é um pouco sobre tudo isso, sobre como um profissional que conquistou tantas coisas tem a exata consciência de que é preciso aprender sempre e evoluir todos os dias. E arriscar. Renan não tem medo de desafios, não tem medo de apostar em jogadores jovens, em novos conceitos e ideias”, diz Lattari.

Renan foi um dos destaques da Geração de Prata do voleibol brasileiro, cujo auge veio em 1984, com a medalha nas Olimpíadas de Los Angeles. Foi eleito o melhor jogador da Copa do Mundo de 1985, e entrou para o Hall da Fama do Voleibol. Além disso, ficou conhecido por ser o criador do saque viagem. Fora das quadras, depois de uma jornada como gestor esportivo, assumiu a seleção masculina de vôlei em 2017.