<
>

Osasco vence Pinheiros de virada na Superliga feminina de vôlei

O Osasco recebeu o Pinheiros neste sábado, no ginásio José Liberatti, e tratou de fazer prevalecer o fator casa na segunda rodada da Superliga feminina de vôlei. Após sair perdendo, a equipe comandada pelo técnico Luizomar de Maura reagiu e acabou saindo de quadra com a importante vitória por 3 sets a 1, parciais de 21/25, 25/23, 25/17 e 25/14.

O principal destaque da partida foi Bia. A central do Osasco marcou 15 pontos, tendo sucesso tanto no ataque quanto na rede. Casanova, do Osasco, e Clarisse, do Pinheiros, também chamaram a atenção, já que foram as maiores pontuadoras do jogo (16).

Osasco conquistou grande vitória sobre o Pinheiros neste sábado (Foto: João Pires/Fotojump)

“Esse jogo é um clássico entre equipes do estado de São Paulo. Já tínhamos nos enfrentado há poucas semanas na semifinal do Paulista, portanto, o jogo estava fresco na nossa cabeça. Elas tiveram a baixa da Edinara, que estava super bem, e nos concentramos bastante para essa partida. Sabíamos a importância desse jogo”, afirmou Bia, que acabou sendo premiada com o troféu Viva Vôlei.

Sérgio Negrão, treinador do Pinheiros, foi outro personagem do jogo que comentou sobre a ausência de Edinara. Sem a jogadora, o time visitante até que deu sinais de que não dependeria dela, mas acabou caindo de desempenho nos outros sets.

“Tivemos a Karina jogando fora de posição. Depois do primeiro set, o Osasco cresceu de produção. Surpreendemos quando deu para surpreender, mas depois o time do Osasco se adaptou e nós passamos a errar demais. Vamos precisar de um pouco mais de tempo para trabalhar e se ajustar à ausência de Edinara”, comentou Sérgio Negrão.