<
>

44 anos e energia de garoto! Serginho defende Vôlei Ribeirão na Superliga e ressalta: 'Não quero que a experiência morra comigo'

play
'Voz da experiência' no Vôlei Ribeirão, Serginho deseja 'má sorte' aos adversários: 'Vou tomar porrada deles' (0:51)

Aos 44 anos, Serginho estreia com o Vôlei Ribeirão na Superliga no próximo sábado (9) (0:51)

Tido como um dos maiores líberos da história do vôlei brasileiro, Serginho foi anunciado pelo Vôlei Ribeirão em setembro e, aos 44 anos, se mantém ativo em quadra.

Serginho defendeu o Corinthians/Guarulhos por duas temporadas e chegou ao time de Ribeirão Preto este ano para trazer experiência ao jovem e competitivo elenco.

“Eu fico feliz de poder ser hoje instrumento dentro do voleibol, por ser usado, de poder levar experiência para essa molecada, até porque o que eu vivi dentro do voleibol, todas essas experiências, não quero morrer comigo, quero passar para os jovens e acho que minha missão é essa”, disse o líbero em entrevista para a ESPN.

Confiante, Serginho também reitera que a equipe de Ribeirão é competitiva e garante que vai dar trabalho na Superliga.

Bicampeão olímpico em 2004 e 2016, Serginho passou por diversas gerações na modalidade, algo que próprio define como ‘honra’, e afirma ter carinho por todas as equipes por onde passou. “O voleibol passa muito rápido, a gente tem que aproveitar esses momentos”, complementou.

Sempre muito divertido e entrosado com quem compõe o mundo do vôlei, durante a festa de lançamento da Superliga, Serginho desejou "má sorte" aos adversários e finalizou se justificando: “É lógico, né? Vou desejar boa sorte... Vou tomar porrada deles”, brincou o líbero.

A Superliga masculina tem início no próximo sábado (9) e o Vôlei Ribeirão encara o Sada Cruzeiro a partir das 19h30 (de Brasília).