<
>

Brasil sofre virada inacreditável e disputará o bronze no vôlei feminino

Brasil perdeu para a Colômbia (Foto: Victor Calvo/CBV)

O Brasil sofreu uma das mais duras viradas da sua história recente na noite deste sábado. Enfrentando a Colômbia na semifinal dos Jogos Pan-Americanos, o time comandado por Zé Roberto Guimarães chegou a abrir 2 sets a 0, mas viu o rival crescer e teve que amargar a derrota por 3 a 2 (parciais de 25/22, 27/25, 14/25, 26/28 e 9/15).

Apesar do desempenho aquém das expectativas, Lorenne se destacou na competição e mais uma vez funcionou como válvula escape ao somar 20 pontos, apesar de sentir um incômodo no joelho e ensaiar um choro no banco de reservas. Ana Paula Borgo também foi bem ao contabilizar 19 pontos.

Se o resultado é decepcionante para o Brasil, para a Colômbia é um feito que entrará na história do voleibol local. Pela primeira vez em uma semifinal do Pan, a equipe elimina uma das melhores escolas do planeta e var decidir a medalha de ouro com o vencedor de República Dominicana e Argentina.

Vale ressaltar que o time brasileiro não foi com força máxima para a competição em Lima. Por conta da sequência de partidas entre Liga das Nações e Pré-Olímpico, no qual as comandadas de Zé Roberto Guimarães derrotaram justamente as dominicanas para garantir presença em Tóquio 2020, o Brasil optou por testar jovens no Peru.