<
>

Australian Open: dupla de Bia Haddad vence de virada mais uma vez e segue com campanha histórica

Duplista é a 1ª tenista brasileira a chegar na semifinal do Grand Slam australiano na Era Aberta


Bia Haddad Maia e Danilina seguem fazendo história no Australian Open.

A brasileira e a cazaque venceram de virada a sueca Peterson e a russa Potapova por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/5 e 6/3 nas quartas de final do Grand Slam australiano.

Com a vitória, a 3ª de virada consecutiva, Bia Haddad agora disputa uma semifinal histórica na Austrália. Ela é a 1ª brasileira que chegou às quartas de final do Grand Slam australiano na Era Aberta e aumenta, ainda mais, esse feito.

A dupla da brasileira começou melhor na partida. Bia Haddad conseguiu confirmar com facilidade o serviço e, logo na sequência, ela e Danilina quebraram Peterson e Potapova.

Depois, a sueca e russa cresceram, devolveram a quebra e fecharam o 1º set por 6 a 4.

Pela 3ª vez no torneio, Bia Haddad e Danilina precisariam reverter a destavagem, como fizeram na 2ª rodada e nas oitavas de final.

A brasileira e cazaque mostraram muita fibra sob pressão e conseguiram vencer a 2ª parcial após muitas quebras dos dois lados. Com a vitória no 2º set por 7 a 5, Bia Haddad levou a partida contra Peterson e Potapova para o 3º e decisivo set.

A tenista brasileira de 25 anos e Danilina começaram a parcial 'voando' e logo quebraram as adversárias. Sabendo administrar bem a vantagem, Bia Haddad e a cazaque decretaram a virada com um 6 a 3.

Agora, a dupla brasileira enfrenta as japonesas Aoyama e Shibara na semifinal. A dupla do Japão é a cabeça de chave número 2 do Aberto da Austrália.